terça-feira, 12 de março de 2013

Sobre Presidentes...


"Acho que o problema ainda é a violência, há mais torcida em jogos que não são clássicos. O caso de Oruro, sem dúvida, foi um estopim."


Questionado sobre o baixíssimo público do Campeonato Paulista 2013, foi assim, cinicamente, que o palmeirense que atualmente preside a Federação Paulista de Futebol preferiu responder.

Se estivesse no lugar do (também Presidente) Mário Gobbi, na mesma hora eu telefonaria para este cidadão, exigindo dele uma retratação pública e incondicional. Do contrário, abandonaria a disputa do Campeonato Paulista a partir de 2014 – com o quê, lamentavelmente, o já agonizante regional tenderia a se extinguir em dois ou três anos.

Afinal, não se trata mais do destempero sensacionalista de um torcedorzinho qualquer travestido de jornalista. Como disse o próprio Marco Polo Del Nero, diante dos mesmos microfones que registraram essa irresponsabilidade citada no post, palavra de presidente tem outro peso...

Agora a coisa ficou séria, senhores! Já passou da hora do Timão botar o pau na mesa e romper de vez com essa corja!!

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Comentários ofensivos ao Coringão serão DEMOCRATICAMENTE excluídos, sem exceção. Noves fora, a palavra é sua.