sexta-feira, 19 de abril de 2013

Começou (agora é que eu quero ver!)


Encerrada a fase de grupos da Libertadores, assim ficou definido o chaveamento para o mata-mata:


E que venha o Boca nas oitavas! Para quem, como eu, gosta mesmo é de um arranca-toco, consolidou-se o segundo melhor cenário dentre os possíveis – mais divertido que esse, só se tivesse vindo a porcada.

Ademais, como o Múcio comentou aqui no blog, diante de um Emelec da vida, o time talvez continuasse com o freio de mão puxado, nesse clima de já ganhou que parece ter contaminado o elenco – tipo de postura que o formato mata-mata não costuma perdoar.
Quem sabe, agora, não acordam pra guspir, né?!

Ok: concordo que esse Boca Juniors que enfrentaremos talvez já não seja o mesmo de outrora. Estão dando vexame no nacional (com ridículos 29,6% de aproveitamento) e vêm de uma campanha extremamente irregular – senão, medíocre – na primeira fase da Cucaracha.
Campanha, por sinal, quase idêntica à dos porco.

Contudo, não nos esqueçamos, JAMAIS, que Boca é Boca: um time copeiro, milongueiro, cancrado, místico, de chegada, de camisa, que coleciona títulos dentro e fora de seu país e, principalmente, que vem mordido, arisco, nos enfrentar.
Por tudo o que significam, os Xeneizes sempre serão merecedores de todo o nosso respeito.

Porém, aqui é Corinthians – e isso diz tudo! Os boquenses sabem muito bem o que os aguarda pela frente. Não à toa, têm sido vítimas, desde ontem, de desconfortáveis cãibras no esfíncter.


Palpites para nossa chave:


Galo Paraguaio x SPFW: time pequeno, comandado pelo maior loser da história do futebol brasileiro, o Galo deve encerrar aqui sua participação na Libertadores 2013. Passam as gazelas.

Guarani da Capital x Tijuana: jogando soçaite en la frontera, a porcada não será páreo para o time do Neymídia Cover. Aqui em Sampa, porém, deverão repetir o placar do México e passar nos pênaltis, numa partida duríssima... de assistir. Porco avança.

Corinthians x Boca: ganhamos lá e aqui. Se o time acordar para a vida, então, periga construirmos um placar agregado histórico.

Vélez Sarsfield x Newell’s Old Boys: não tenho acompanhado... no chutômetro, aposto que o Vélez se classifica.


Com isso, as quartas de final teriam, na chave de cá, Corinthians x Vélez e Porco x Bambi. E confesso que, diante de tal cenário, eu sinceramente não saberia escolher meu adversário preferido para a semi.
Se, por um lado, a mera possibilidade de termos nossa tão sonhada vingança contra os porco já me enche a boca d’água, por outro, poder chutar o traseiro das freguesas justamente no torneio do qual elas se dizem as “grandes especialistas” seria divertidíssimo!

De qualquer forma, por enquanto, isso não passa de devaneio de torcedor apaixonado. Afinal, futebol é dentro de campo e, antes de sonharmos com clássicos e vendetas, temos que, mais uma vez, calar uma certa boca, aí...

VAI CORINTHIANS!

11 comentários :

  1. Torci que fosse o Boca ou as porcas.
    E concordo contigo, se o Timão equiparar na raça com los bosteros, podemos construir um placar histórico.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se esquecerem um pouco aquele escudo dourado no centro do peito e resgatarem o mesmo espírito do ano passado, a chapa esquenta!

      Excluir
  2. Concordo aí com tudo...o Boca pelo menos deve acordar nossos jogadores, principalmente para os jogos fora né, porque no Pacaembu tá o rolo compressor de sempre. É jogar bem lá, aposto que o Tite vai se basear nos contra-ataques, aproveitando a zaga lenta deles, mas vamos ver. Estando lá Cássio e Renato Augusto estaremos mais fortes que ano passado, então, com seriedade e humildade a lógica é passar. Decidir no Pacaembu também é meio caminho andado...estamos confiantes, mas os jogadores não podem se iludir jamais...nossa chave tá sinistra mesmo, mas deixo pra comentar de quartas de final se passarmos, melhor nem ficar zicando uuuuuuhhhhh sai zica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo! Que o elenco se concentre no trabalho e deixe a festa com a gente.
      Quanto a Cássio e Renato, se voltarem bem (e se o Paulinho esquecer a Europa por ao menos 3 meses), vai ser muito complicada a vida de quem pretende impedir o bi.

      Excluir
  3. ééé. . . essa libertadores vai ser historica. . . . vamos pras 4as com ctz. . . . inclusive acho q deveriamos abandonar essa porcaria de paulistao e concentrar todsa as forças para a libertadores. . . vamos ser bi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Temos elenco e estrutura para ganhar tudo, brô! É só jogar com seriedade. Abç!

      Excluir
  4. Parabens pelo blog !!! e o corinthians passa facil !! dificl só a semi com um brasileiro !! abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu, bróder! A casa é nossa, fique à vontade. Abraço!

      Excluir
  5. Pegamos uma trilha bem complicada....
    Mas podemos cumprir o que sempre foi a nossa sina: bater times que já foram campeões para chegar a uma conquista. O ano passado só não foi assim por completo por causa do Emelec. Este ano, passando pelo Boca, vamos pegar o Velez e depois Chiqueirense e Vila Sonia. Contra o primeiro temos de vingar aquelas cucarachas do passado. Contra o time do convento, a possibilidade de fazermos engolir os anos de gozação. E na final, o Olimpia. Jogo decisivo fora de casa- só para mostrar aos antis que podemos ganhar também longe de casa. Respeito todos os adversários, mas se jogarmos sério, com a mesma gana do ano passado, engrossamos contra qualquer um. Valeu!
    (Múcio Rodolfo Neto)

    ResponderExcluir
  6. Parabéns pelo blog! Ironicamente cheguei ate aqui através de um comentário no blog de quem considero, hoje, o maior anti-corintiano na mídia, o Odir Cunha. Sua postagem sobre as teorias conspiratorias que babam por la e genial (e olhe que ainda dava pra acrescentar mais pérolas, como as convocações da Seleção para "cansar" o Neymar).

    Gostei da estetica, do tom e do estilo do blog. Acho que faltava mesmo de um espaço para expor toda a irracionalidade por trás dessa campanha anti-corintiana do momento.

    Sobre o cruzamento na Libertadores, aparentemente pegamos o caminho mais tortuoso. Nao que isso me preocupe, mas o problema e nao sobrar nenhum time minimamente tradicional pra pegar na final. Talvez Olimpia ou Nacional, apesar da decadência no passado recente, possam dar algum peso ao confronto (melhor que os Newell's Kids on the Block ou bizarrices do genero...)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado, João Luís! Seja bem-vindo!!

      Ontem, analisando os acessos, notei muita gente vindo a partir do blog do lunático e deduzi que meu apreço por eles foi descoberto (só não localizei o comentário, ainda...).

      E Newell's Kids on the Block foi ótimo! Hehe!

      Abraço!

      Excluir

Comentários ofensivos ao Coringão serão DEMOCRATICAMENTE excluídos, sem exceção. Noves fora, a palavra é sua.