quinta-feira, 16 de maio de 2013

Curtas (ainda sobre o assalto...)

Quem acompanha já deve ter percebido que este blog não é nada adepto do CTRL+C / CTRL+V. Contudo, o post de hoje do Blog do Silvinho define com tanta precisão meus sentimentos e impressões acerca da partida de ontem que merece, no mínimo, ser "lincado".

Eu mesmo não me expressaria tão bem...


* * * * *

Engraçado ver os abutres da imprensa contemporizando: "a arbitragem interferiu, mas... o Boca fez um ótimo primeiro tempo no Pacaembu"; "o árbitro foi determinante, mas... o Corinthians foi inferior durante 3/4 do confronto de 180 minutos"; e por aí vai.

Curioso é que  não me lembro de ter visto nenhum dos distintos jornalistas, jamais, afirmando que "houve pênalti no Tinga, mas... o Corinthians fez um ótimo Campeonato Brasileiro em 2005, jogando bom futebol e liderando-o durante a maior parte do tempo".

Aliás, nem sei por que diabos ainda paro para ouvir essa gente...

* * * * *

Mas... você já imaginou o que seria se fosse o contrário? Se o Corinthians é que tivesse se classificado em tais condições??

* * * * *

Agora, foda mesmo foi acordar numa das piores ressacas pós jogo de minha vida - a última desse nível foi em 1993 - e ser obrigado a ler que o árbitro paraguaio "justiçou" a morte do garoto em Oruro.

E o pior: quem disse isso, pasmem, foi um corinthiano. 

Apaputaqueopariu!!! Um blog a menos para acompanhar, de hoje em diante...

* * * * *

Saímos, mas de cabeça erguida. As arquibancadas não fizeram o que fizeram à tôa.

E não nos esqueçamos que ainda temos mais 4 títulos para conquistar em 2013 - o primeiro deles, já nesse domingo. Portanto, é hora de juntar os cacos, lamber as feridas, etc, etc.
E tudo a toque de caixa.

Segue o jogo...

12 comentários :

  1. 1- Ninguém diz que naquele jogo o Corinthians jogou muito mais do que o Entregacional. TEve inúmeras chances de gols desperdiçadas. Principalmente no primeiro tempo. Ninguém se lembra que três ou quatro dias antes, enquanto o clube do DVD batia o rebaixado Brasiliense com um gol irregular aos 44 minutos, o Corinthians era operado diante do São Caetano por um tal de Wagner Tardelli que deixou de marcar um penalti em cima do Bobô e marcou várias faltas de ataque do Nilmar, matando o ataque corinthiano.Pela linha de raciocínio dessa turma, ao não marcar o penalti no Tinga o Márcio Resende de Freitas fez justiça ao domínio corintiano em grande parte da partida.
    2- Como vc pode ter percebido eu discordo totalmente do Alvaro de Campos
    (Múcio Rodolfo)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Respeito muitíssimo o cara, que manja muito de futebol e mantém um ótimo blog. Só que essa aí, para mim, foi demais, Múcio...

      Excluir
    2. Sobre os abutres, Múcio: será que repetirão o nome de Carlos Amarilla por tanto tempo (e com tanta veemência) quanto repetem o de Javier Castrilli?

      Excluir
  2. Claro que não.....E olha que naquele jogo, o Castrilli validou um gol irregular da Portuguesa (o primeiro), expulsou o Marcelinho injustamente.....
    (Múcio Rodolfo)

    ResponderExcluir
  3. Engraçado que não acordei de ressaca. Orgulhoso pela entrega do time e pelo reconhecimento e manifestação da torcida ao final da partida (modestamente, manifestação da qual fiz parte). De todos os comentários das aves de mau agouro e de rapina que ouvi/li hoje, o pior, disparado, foi do José Trajano. Licença ao blogueiro para dar um quote no energúmeno: "Os torcedores permaneceram no estádio, cantando o hino do clube e aplaudindo o time, uma demonstração muito bonita. Porém, não entendo essa transformação de derrota em festa. Parece um pouco de soberba e prepotência da torcida alvinegra, como se o Corinthians fosse maior do que tudo". Talvez se tivéssemos destruído o estádio e imediações... Ahhh, VSF!!! Abrassss (Elmo)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara, uma amiga me disse a mesma coisa hoje - se estivesse em casa, teria ficado puta, mas que, para quem estava no estádio, a manifestação ao final mudou o o sentido dos fatos.
      Infelizmente, cheguei tarde para comprar os ingressos da 1ª fase, vendidos ainda no final do ano passado. Por conseqüência - e graças ao jogo de portões fechados - perdi este também.

      Sobre o Trajano, acredite: ele esteve na pauta do post até a última edição, mas acabou cortado em cima da hora. E o mais impressionante é que eu ia dizer EXATAMENTE o mesmo que você.

      Esse aí nem disfarça mais, Elmo...

      Excluir
  4. O (Ul)Trajano é um imbecil. A torcida não comemorou a derrota e sim manifestou reconhecimento por aquilo que o time demonstrou em campo. Este ai deve achar lindo e comovente os bambis acenando lencinho branco quando são eliminados pelo Corinthians na bola e de forma limpa.Eu assisti o jogo aqui de casa, no conforto do meu sofá, e em momento algum senti raiva do time.
    Ah...só para registrar. Um anti sem moral alguma porque o time dele caiu de quatro diante do Atlético Mineiro postou um video de um telejornal da Record. O video msotra uma briga entre torcedores do Corinthians. No meio da matéria, o comentário de um jornalista da emissora: "a gente sabia que isso ia acontecer se o Corintians fosse eliminado". Os abutres estão se divertindo as pampas...
    (Múcio Rodolfo)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Putz! Essa da Record eu não estava sabendo, Múcio... Mas esse aí forçou demais, hein?! Chega a dar vergonha alheia.

      Porém, tem uma coisa que me preocupa nessa treta entre organizadas: graças a ela, é o segundo jogo consecutivo que temos cenas de violência (isoladas, é sempre bom dizer) no Pacaembu. Contra o Santos, a ação da PM foi cirúrgica; quarta, porém, pelos relatos que ouvi, a PM já partiu para a generalização, descendo o sarrafo em quem estivesse por perto, indistintamente, numa ação covarde.

      Se as TO's não se resolverem logo, se continuarem dando aos "homi" o pretexto pelo qual eles anseiam, temo que a violência possa começar a espantar o torcedor comum, atrapalhando o programa FT.

      A garota que me narrou os fatos, por exemplo, já ficou com certo receio. Disse que, se o problema persistir, deixará de ir ao estádio.

      E olha que ela é maloqueira bagarái...

      Excluir
  5. O problema do Corinthians é o esquema tático ou característica de jogadores? Dizem que o Adenor é medroso, retranqueiro, cagão... Eu não acho isso. Acho que ele não faz o papel de kamikaze...Por exemplo, os nossos laterais apoiam com frequencia o ataque... E ai quando eu comparo Adenor e Mano, eu me lembro que o segundo tinha um lateral esquerdo que quando chegava no ataque se mostrava mais eficiente. Do outro lado, o Mano tinha um Alessandro mais jovem, menos vacilante. A solução seria o Adenor se liberar do seu caráter "gratidão eterna" e já ir realizando as mudanças que o time precisa. Se bem que nem sempre esta gratidão é eterna- vide o caso do Júlio Cesar. Na direita, eu achoque ele vai acabar efetivando o Edenilson, apesar de eu achar que ele é falho na marcação. Na esquerda eu ia colocando o Igor que, me parece mais técnico e mais esperto que o Fábio Santos
    (Múcio Rodolfo)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 1- Acho que são as duas coisas: o esquema está manjado e os jogadores contratados com o intuito de mudá-lo (Pato e Renato Augusto) não se mostraram fisicamente confiáveis.

      2- Também não estou convencido do Edenilson na direita. Para mim, ele deve ser o substituto natural do Paulinho.
      Creio que, para substituir Alessandro, deveríamos investir em G. Andrade ou, de preferência, ir ao mercado.
      Para a esquerda, concordo plenamente que temos que apostar em Igor. O garoto realmente parece ter talento.

      Excluir
  6. Zézão, o que aconteceu em 1993 não chega nem perto do que rolou na quarta-feira passada.

    Estamos com moral, FINALMENTE (apesar de achar que esse não foi o único motivo da eliminação) concordaram que fomos roubados! Digo e repito, TODO TÍTULO nosso tem uma porra de um asterisco, VSF... tudo é roubado, comprado... não aguento mais isso.

    Bastou um jogo pra muita gente sair cortando a cabeça de todo mundo. Não é pra tanto, só acho que o Pato tem que começar jogando na decisão de domingo. Quem sai? Guerreiro? O Pequeno Príncipe? Emerson Sheik? Ai é com o Sr. Tite...

    *Esse Trajano é um babaca imbecil idiota... Flavio Prado... nem ligo pro que esses amigos do Juca Kfoury falam, esses FDP...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Giba, meu truta: seu coração está tomado pelo ódio! kkkkkkkkkkk

      Sobre as "cabeças cortadas", não acredito que seja por aí, também... porém, é inegável que alguns jogadores já deram o que tinham que dar; já encerraram seu ciclo no Timão. Alessandro, Fábio Santos e Jorge Henrique, por exemplo.

      Excluir

Comentários ofensivos ao Coringão serão DEMOCRATICAMENTE excluídos, sem exceção. Noves fora, a palavra é sua.