sexta-feira, 14 de junho de 2013

Responda rápido



O que é pior: a abordagem rabugenta, tendenciosa e pretensamente intelectualizada da ESPN ou a cobertura esportiva tola, ufanista e infantilizada da Rede Globo?

6 comentários :

  1. Eu posso perguntar para os universiotários?

    Eu acho que a plim-plim pelo menos é "apartidária". Tirando aquela brincadeira sem graça do primeiro de abril de 2011, tirando a secação dos Kléber Maischato, a emissora tem uma conduta bem diferente da TV da Sacolinha, por exemplo. Quando estourou o escândalo MSI era a única que informava sem o objetivo de diminuir ou ridicularizar o clube. Diferente da Recópia que naquela época tinha como funcionário um certo marqueteiro que garantia que em uma década o clube dele ultrapassaria o nosso em torcida.
    (Múcio Rodolfo)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo: a Grobo "pelo menos é apartidária".

      Pena que o preço seja tão alto: João Sorrisão, Globolinha, pede musiquinha, os bobos-alegres Alex Escobar, Tadeu Schmidt e Glenda Koslowski e, a cereja do bolo, o bambi sem-vergonha e metido a piadista do Tiago Leifert.

      Excluir
  2. Pergunta difícil e vc quer que responda rápido? Tem um pessoal da ESPN, se achando os engraçadões e agora competem também nesse quesito. Até então, a Globo ganhava disparada como a mais sem noção e sem graça. Aí a ESPN veio com o "Cabeça no jogo" e o nivelou a disputa. As duas emissoras exageram e ambas querem ser pop, mas a ESPN pensa que a mãe da verdade. Páreo complicado amigo !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahaha! Eu também vi esse tal de "Cabeça no Jogo"... É a Globo fazendo escola!

      Excluir
  3. Como é que pode um corinthiano reclamar da Rede Globo? A emissora funciona quase que como uma imprensa oficial do "timão". Lamentável...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade. Mas o pior você não sabe: a Globo não age assim por interesse próprio, mas justamente por imposição do governo Yankee. É sério, o WikiLeaks já divulgou documentos confidenciais que comprovam a estreita relação de Andrés Sanchez com funcionários graduados do Departamento de Estado Norte-Americano - que, como todos sabemos, controla a Rede Globo.

      Aliás, seu comentário é tão interessante que merece até virar post...

      Excluir

Comentários ofensivos ao Coringão serão DEMOCRATICAMENTE excluídos, sem exceção. Noves fora, a palavra é sua.