quarta-feira, 19 de junho de 2013

Um mês sem futebol (tá foda arrumar assunto...)

Incoerência alguma (pelo contrário)     Sou contra a realização da Copa no Brasil. Das Olimpíadas, idem. Sempre fui, aliás; desde quando anunciada a candidatura do país. Afinal, os eventos não deixarão legado positivo algum - o Pan de 2007 é prova disso - e ainda oportunizarão (haha!) uma senhora sangria do Erário.

As contas apresentadas pela (re)construção de Estádios como Mineirão, Fonte Nova, Arena das Dunas, Maracanã e, sobretudo, dos "elefantes brancos" Mané Garrincha, Arena Pantanal e Arena Amazônia são prova disso. 

Não obstante, conformemo-nos: o neo-udenismo clubista da canalhagem anti-corinthiana, até o final dos tempos, apontará suas presas para um dos únicos casos deste evento em que o financiamento público terá retorno - visto que se dá  por meio de empréstimo, e não a fundo perdido.

O estádio do Timão em Itaquera sairia com ou sem Copa do Mundo. Nada tem a ver com ela, portanto.

Prove-me  o contrário, contudo, que terei imenso (des)prazer em mudar de opinião.



Saudades do chinelo?     Paolo Guerrero, de quem sou fã declarado, andou tornando público seu desejo de retornar à Europa. Segundo ele, a justificativa está no massacrante calendário do Futebol Brasileiro.

Compreensível que esteja assustado com a rotina de trabalho que vem enfrentando por aqui. Afinal, ao longo de seus 10 anos no futebol alemão, o centroavante, convém lembrar, pouco atuou como titular.



Um ou outro, por favor!     Espero estar errado, claro, mas creio que Paulinho, a essa altura, já nem seja mais jogador do Timão. Fará falta, sem dúvida, mas sobreviveremos. Temos que sobreviver - afinal, o Timão já se planeja para a saída do camisa 8 há mais de ano...

Agora, se o Ralf sair, aí sim, FUDEU!



Copa das Confederações     Gol de quem? Desculpem-me, mas no meu mundo não existe futebol sem Corinthians.



Kaká...     é a putaqueospariu!!!

7 comentários :

  1. Acho que fui expulso novamente do site ESPN! Veja o comentário que mandei no blog Linha de Passe, quando Traquejano e Maumauro Cesar, descascaram Parreira por nada (eu não sou fã do Parreira "pelo amor de Deus" mas eles ficam esperando qualquer coisa para sair como dois cães ferozes para cima de seus desafetos). Parreira afirma que futebol e política não se misturam (mas não entrou em detalhes quando ao sentido exato da frase). Traquejano e Maumauro vem como toda aquela história do Governo militar Parreira, anos de chumbo, como se Parreira fosse um torturador da época.
    Mandei meu comentário enviado e excluído posteriormente : "Não achei as declarações do Parreira absurdas !! É possível separar o lado político do lado esportivo. Análises diferentes podem serem tecidas, mesmo quando o lado político é que define comissões técnicas e até escalações. Você pode ver somente o lado político, somente o lado técnico, somente como lazer (que é a principal função do esporte) ou os três. Eles não precisam se misturar e se confundir a ponto de não distinguirmos uma coisa da outra (Não estamos mais em 1970 e o dólar não cai nem sobe mais conforme o resultado do jogo). Vocês subestimam a inteligência de quem os acompanham. Mauro não aceita ser contrariado em seu blog e publica somente comentários a favor de sua opinião, mesmo aquelas que só o questionam e não o atacam de forma indelicada. Juca, declarou agora a pouco que faz o mesmo . Parabéns ao PVC, que publica tudo, mesmo as absurdas e mal educadas. Forçar a opinião, excluindo opiniões contrárias é fazer o mesmo que fazem os sujeitos que vocês abominam. É o mesmo que não considerar divergências, achar que a suas opiniões são diferenciada e se sentem no direito de manipular opiniões dos leitores. Não existem verdades absolutas. Quem de vocês não se utilizou de política para chegar onde estão ? Quem de vocês é pura competência e transparência ? Nós as vezes somos a imagem refletida (em grau inferior ou não) do que abominamos." Foi suficiente para eu ser banido do site. Não vou fazer nova conta para "blogar" com este fariseus. Usarão minhas opiniões quando lhes favorecerem e deletarão quando forem contrarias. Abraço, e sucesso no blog! Você usa uma linguagem diferente e tem talento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em tempo: se o Parreira topasse voltar ao futebol, eu demitiria o Tite no dia seguinte à conquista do Mundial, sem remorso algum.

      Para mim, o melhor técnico que o Timão já teve...

      Excluir
  2. Ja comentamos aqui no seu blog sobre uma hipotética vida pos-Paulinho, e concordo com você, temos potencial para manter o nível dos últimos anos sem ele.

    Mas nao deixa de ser um pouco decepcionante ver um jogador como o Paulinho, que demostrava ter uma postura menos deslumbrada sobre a possibilidade jogar la fora, trocar um gigante em plena ascensão como o Corinthians, por um time mediano da Inglaterra. E duvido que va ganhar muito mais do que ganhava aqui. So pode ter sido pressão de empresário, sei la.

    Paulinho, nao sei se ja te contaram, mas o Corinthians e infinitamente maior que o Tottenhan... Voce acaba de dar um passo atras na sua carreira...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Totalmente decepcionante! Quando ouvi falar em Tottenhan, também brochei.

      Porém, não devemos ser injustos: por enquanto, apenas o Corinthians confirmou ter aceitado a proposta do "Coritiba inglês"; o Paulinho, oficialmente, ainda não.

      Excluir
  3. 1- Mania que esses jornaleiros tem de empurrar tais bagulhos pro Timão. Tempos atrás falaram que o Timão estava sonhando com o Zé Pedalada e o Ronaldo estava intermediando a negociação...
    2- Esta do Paulinho ir pro Tottenham não me espanta. Jogador e empresário (principalmente este) pensa muito mais no lado financeiro do que no lado futebolístico. E - num momento almanaque Sadol- vamos lembrar que o grande Zico trocou o Flamengo pela obscura Udinese.
    3- Pra mim tanto faria a Copa aqui ou não. Mas depois de tudo acertado e a um ano da competição, cancelá-la será um tremendo vexame nacional. E tem outra coisa também, pra mim este papo de dinheiro para educação, pra saúde, pra transporte não passa de discurso demagógico. Não se aplicaria um centavo a mais nesses setores se o mundial não fosse aqui realizado. Seria interessante imaginar qual seria a posição da Record se ela tivesse direito de transmissão das partidas, da imprensa purpurinada se o estádio do clube "exemplar" fosse palco de um dos jogos da Copa, se no poder estivesse a tucanalhada ou os militares dos quais alguns dizem sentir saudades.
    (Múcio Rodolfo)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 1- Antes, ainda, já diziam que o Kia queria trazê-lo pro Timão. Deus me livre.

      2- Almanaque Sadol foi foda, hein?! 100% Censo Unzelte, hahaha!

      3- Sou e sempre fui contra a Copa, ponto. Porém, uma vez estando atolados até o pescoço nessa história, passo a concordar plenamente com tudo o que você disse. Já queimamos a ponte faz tempo.

      Excluir

Comentários ofensivos ao Coringão serão DEMOCRATICAMENTE excluídos, sem exceção. Noves fora, a palavra é sua.