segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Deprimente


Observe bem esta imagem e, por favor, responda (que não, de preferência): sério mesmo que é sob o comando dele que daremos seqüência na temporada?

O cara é hoje, para mim, a face da derrota... Meu Deus!...

30 comentários :

  1. Como diria o Raul Cortez, naquele programa "VC Decide": "situação difícil esta!"
    E se manda o treineiro embora e o time afunda ainda mais?
    O jogo de ontem, depois dos jogos contra o Cruzeiro e o Grêmio, me pareceu estranho!
    Estão dizendo por aí que os jogadores fizeram corpo mole porque não "aguentam mais o treinador"
    Então, vamos mandar embora o treineiro, correndo o risco de pegar um similar ou um pior, e manter os "rebeldes" que querem definir como o time deve ou não jogar? Ora, se o time ganhou tudo o que ganhou nos últimos tempos é porque o esquema funciona. E funciona desde que tenha peças dispostas a exercer tal papel. Ou vão dizer que em 2011 e em 2012 o time jogava a revelia do treinador? O que está faltando ao treinador é afastar de vez quem não está mostrando tanta vontade assim. Ah....o MFT me lembra a imprensa golpista no caso do mensalão petralha! (Múcio Rodolfo)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahaha! Pô, Múcio, tá parecendo Reinaldo Azevedo e Augusto Nunes, brô?!? Aí é ruim, hein?!

      Excluir
    2. O cara quer ir embora e os palermas não deixam !!!! Foderam o timão em 2013 e agora querem provar o que ??? Investindo em merdas, somada a uma política de vira latas e vendendo o melhor jogador do time a receita ia dar nisso. Quando se fica fora da libertadores, perde-se no mínimo em patrocínios, direitos de tv e prêmios (mesmo que não passe da 1ª fase) aprox. R$ 30.000.000,00 (dá para comprar 1 Tevez). Economizar no elenco e fazer dinheiro com os craque que as vezes a sorte presenteia é economia burra !!!! Eu não sou megalomaníaco, a realidade é que hoje o Corinthians é muito maior que isso ai. Mauro Cezar Pereira, tira um sarrinho no seu blog. http://www.espn.com.br/blogs/maurocezarpereira#1 o mesmo que percebeu o perigo do Corinthians estabelecer uma hegemonia dentro do cenário americano e atacava sistematicamente o timão de forma oportunista utilizando-se do episódio de Oruro. Nem precisa fazer campanha para denegrir a marca Corinthians, nossa diretoria já está fazendo isso com bastante propriedade.

      Excluir
    3. Que é isso, Zé Carlos! Estes dois ai são figuraças do PIG! Eles acusam o Adenor de iludir torcedores iludidos com bolsas título. O Reinaldo garante que o Adenor tem a pretensão de instituir uma ditadura bolivariana no Timão!
      (Múcio Rodolfo)

      Excluir
    4. Ze num esquece do Luiz Felipe ponde do Diogo Mainardi e do Olavo de Carvalho.....vixi.....só filhinho de Jesus nessa lista......

      Um abraço.
      O imperador.longa vida a jihad.

      Excluir
    5. E, com o firme propósito de se perpetuar por 15 ou 20 anos no poder (ou, quem sabe, bater o recorde de Sir. Alex Ferguson?), arquitetou um intrincado esquema de "compra de votos" no vestiário: o chamado "Bichão".
      Edu gaspar, apontam as investigações, seria o operador do esquema; e Emerson Sheik, iminência parda do governo, seu articulador político.

      Excluir
    6. Melhor: o esquema ficará conhecido como "Chinelão"...

      Excluir
  2. Eles não fariam isso , sabem muito bem com quem estão mexendo....não são bobos não....

    ResponderExcluir
  3. O Imperador está bem informado sobre os figuraços do PIG! A exemplo do PIG, o MFT vem prevendo tragédia desde 2011. Previu que a gente perderia o título brasileiro daquele ano - o título mais ganho de todos os tempos! Previu que com este esquema titênico não iríamos ganhar a Cucaracha nem que a vaca tossisse. Previu que com ele no comando protagonizaríamos um vexame maior do que o Manjubinha diante do time Catalão. E agora estão prevendo o rebaixamento. O PIG previu atas taxas de desemprego, "pibinho" e quebrou a cara. Acredito que o MFT vai quebrar a cara mais uma vez.
    (Múcio Rodolfo)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deus te ouça, Múcio. Mas apenas escapar do rebaixamento com uma folha salarial daquelas é menos do que obrigação, né?!

      Excluir
    2. Mucio peço perdão da minha ignorância mais não sei o significado de pig....explica ai que eu tô boiando...

      O imperador.Longa vida a jihad.
      Abraço.

      Excluir
  4. Mais deprimente é o elenco que se anuncia para 2014. Vai anotando aí, Diego Macedo (2ª divisão), Raul Prata (3ª divisão), Wanderson (A3 do Paulista) e Rodriguinho (2ª Divisão).Acho que a intenção é disputar a segundona mesmo !!!!

    ResponderExcluir
  5. O Tite tá precisando dar uma passada na Tia Carmen, Gruta Azul e no Bahamas. hahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha, verdade, tá precisando dar uma descarregada....

      Excluir
  6. Grande imperador, PIG significa Partido da Imprensa Golpista.
    (Múcio Rodolfo)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mucio Rodolfo vc vem se mostrando um ótimo padaw(apenas uma brincadeira com aprendiz de jedi do filme guerra nas estrelas),agradeço a explicação e quanto pig...vamos lá....uma hora que tivermos saco suficiente e tempo disponível provarei que a imprensa é só entretenimento e não informação o que vc chama de pig nada mais é que o quarto poder em qualquer esfera que possivelmente estivermos conversando.No caso do esporte e mais precisamente do futebol trata-se de um bando de boçais que nunca vestiram uma chuteira na vida e paga de entendedor de futebol coisa que qualquer bêbado de boteco pode ter uma opinião mais rebuscada até quiçá taticamente ou tecnicamente falando.O que vc chama de pig em relação ao nosso Amado clube tem a ver com vampiros que sugam o SPORT CLUB CORINTHIANS PAULISTA e claro que sem ele não teriam nem com que trabalhar, haja vista que só o nome já vende e não é pouco não e fico feliz de torcedores como vc que não está preocupado com justiça está sim preocupado com a vontade do povo em se sentir representado que muitas vezes é manipulada por esses tais de PIG.tranquilize-se jovem passe o povo quer Corinthians...e esse pig não passa de um bando de filhos da puta.
      Obrigado.
      O imperador.longa vida a jihad.

      Excluir
    2. "E esse pig não passa de um bando de filhos da puta". Perfeito, imperador! E mais: lugar de pig é na segunda divisão!!

      Excluir
  7. Então, César Pereira, se levarmos em conta o brasileirão, algumas contratações seriam mesmo de times de segunda. Mas se levarmos em conta os regionais, não. O Diego Macedo atua no Bragantino que disputa a primeira divisão. O Rodriguinho defende o América Mineiro que deve disputar a primeira divisão do seu estado. O fato de não estarem na primeira divisão do nacional não implica que tais times sejam totalmente ruins ou que não possam ter jogadores bons. Eu não vejo problema algum em trazer um jogador da Luverdense ou do Itapipoca, desde que este seja bem observado e o clube tem condições de ter um funcionário especialmente para isso. Com a arrecadação que apresentamos, poderíamos em tese tirar o Fred do Conveninense, o Ronaldinho Gaucho do Atlético Mineiro, o Fábio do Cruzeiro, mas isto não garantiria que a gente não fosse se transformar num Real Madrid da vida, que monta times galáticos e fica a margem do Barcelona que mescla grandes contratações com a aquisição de revelações de clubes menores na Espanha. Ainda mais num clube como o Corinthians que tem muito mais sorte com jogadores tidos como desconhecidos ou de clubes menores do que com astros trazidos de grandes clubes.
    (Múcio Rodolfo)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente, Múcio. Até porque se o jogador da série A estiver bem, seu clube espera vendê-lo pra fora, e não reforçar o rival.

      Acredito que a crescente receita que o Corinthians vem adquirindo deve servir pra segurar os jogadores que se destacam no elenco, permitindo a manutenção de uma base. Poder pagar bons salários e não depender da venda de jogadores. O oposto, por exemplo, do Cruzeiro. Espere só pra ver com que time eles vão jogar a Libertadores ano que vem.

      Contratações bombásticas são importantes, como você falou, até por motivos de marketing, se mescladas com apostas promissoras. Torrar os tubos em um elenco cheio de nome e fama é a receita do fracasso.

      Excluir
    2. Concordo com Múcio, e mais outra coisa quando o Corinthians demonstra interesse em algum jogador o valor triplica.... times maiores não aceitam liberar ninguem pra nós.
      César, você deve lembrar desses 2 casos Montijo e Dedé são duas contratações de jogadores de seleção que tivemos interesse e eu me lembro que os clubes davam entrevistas dizendo que nunca venderiam para o Corinthians, o cruzeiro aumentou o preço umas 3 vezes.... o vasco comemorou, o interesse do cruzeiro no Dedé, em público..... tinha dirigente dando risada quando falavam do interesse do Corinthians. (só eu que me lembro disso? ou eu estou ficando loco?)
      Tem mais exemplos de jogadores ''meia boca'' de time grande: Kleber(inter), D'Alessandro, Elano, Zé Roberto(gremio), Ganso, Ronaldinho Gaucho, etc...

      Excluir
    3. Quando se insere um jogador da base ou uma aposta de um time pequeno é comum passar um período de instabilidade em setores importantes do time, que terá um reflexo direto em pontos e que pode significar um G4 ou até mesmo um Z4. Quando você tem caixa, compra jogadores com um histórico de regularidade em um campeonato de primeira (pelo amor não me venham com paulistinha, mineirinho carioquinha etc...) para suprir setores deficientes. Apostas e experiência no time principal faz, quem não tem outros recursos. Não quero medalhões, inclusive ao meu contra gosto temos um belo exemplo no time (Pato). Quero "Guerreiros" que tenham o perfil do time, as vezes custam na faixa de 4 mi de Euros . Elias atravessou 2012 na Europa jogado as moscas (inclusive teve uma matéria da ESPN a esse respeito) Willian virou moeda de troca e ninguém viu, Tevez estava dando sopa, Maicon, Michel Bastos e outros que não são medalhões e dariam qualidade ao elenco. Poderíamos ter 22 jogadores com condições plenas de entrar no time e o time não perderia qualidade ou até mudar o esquema no decorrer do jogo. Essas “apostas e achados” podem muito bem serem feitas, comprando esses “aparentes promissores jogadores”e emprestando-os à times da 2ª divisão e só inseri-los no time se estiverem a altura do time (comendo a bola) e não para serem testados no time. Se continuarmos com essa política de vira latas, a diferença de arrecadação não terá efeito e o dinheiro ninguém saberá onde está.

      Excluir
  8. Zé Carlos, não fique nervoso, mas eu ainda sou contra a demissão do Tite até o fim da temporada... rs.

    Mas é sério, eu entendo os argumentos de quem defende sua saída imediata, mas sou contra. Primeiro por não acreditar em uma melhora a curto prazo, e segundo pelo provável prejuízo a longo prazo que tal atitude traria.

    Explico: não sou cego em negar a parcela de culpabilidade do Adenor, com seu defensivismo e coerência exagerados. Claro que não. E nem eximo totalmente a diretoria, que há anos reforça (bem) ataque e defesa, mas se esquece das laterais. A questão é que, na minha opinião, o maior problema do time hoje (perdoe o clichê) é autoconfiança. Algo que poderia ser resolvido, sim, com a troca de ares no comando, mas que também poderia facilmente queimar o trabalho promissor de outro profissional, por mais competência e história no clube que ele tenha (Autuori nas bibas que o diga).

    Não gosto do trabalho que o Tite realizou esse ano, e sou a favor da vinda do Mano, mas acho muito mais arriscado o Corinthians queimar um bom cartucho ainda esse ano, só porque bateu o desespero de não participar da Libertadores. Ou agora nós vamos trocar a velha obsessão por ganhar aquela várzea (que tantas vezes resultou em desmanches de times bons) pela obsessão de ter que estar todo ano nela? (Postura essa que, por sinal, tem resultado na situação lastimável que as bibas do Morumbi tem vivido nos últimos anos).

    Sendo o problema uma questão essencialmente psicológica, acredito que naturalmente o time retome a confiança com duas vitórias seguidas, termine o Brasileiro numa posição intermediária e, quem sabe com a velha garra corinthiana, brigue pelo título na Copa do Brasil. Muito pouco para esse elenco? Certamente. Mas a caca esta feita, e duvido que isso mude a essa altura com outro treinador.

    Pra finalizar, e mudando levemente de assunto, gostei bastante do que vi do tal Rodriguinho. Claro que todo corinthiano tem pé atrás com edições de jogadores, principalmente depois do DVDrico, mas rolou aí na rede um vídeo, que chega a ser enfadonho de tão longo, com gols e lances do rapaz. Conduz bem o contra ataque, pensa rápido, distribui bem o jogo também com a defesa adversária postada, arrisca passes não óbvios e não hesita em soltar a bomba de longe. Voltamos talvez à velha e bem sucedida fórmula de contratações.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ô, João Luís, nervoso por quê, bróder?? Imagina!

      Cara, são ótimos argumentos, sem dúvida. Esse da substituição de obsessão, então, me fez parar pra refletir...
      O problema é que, no desespero do pós 4 a 0, meu foco não estava - aliás, ainda não está - nem na vaga para a Libertinha, mas na fuga do rebaixamento, mesmo. E, mantido o aproveitamento (sic) do último mês, até o Náutico nos ultrapassa nesse segundo turno.

      Claro que esse aproveitamento pífio é absurdo, visto que totalmente incondizente com a estrutura do clube, a envergadura da camisa e a qualidade do elenco... mas é justamente isso o que mais assusta, João, pois faz com que a única explicação plausível seja um suposto - e, cada dia mais, provável - racha no elenco.

      E é aí que entra o Seu Adenor, responsável maior pela "saúde do vestiário" (hahaha), porém, aparentemente, "grato" demais a algumas figuras do elenco para simplesmente afastá-las, saneando - detesto esse termo, mas aqui cabe - o ambiente.

      É neste sentido que acredito que uma mexida no comando técnico, ainda esse ano, seria benéfica ao Coringão. Por ter perdido a confiança na capacidade do treinador de administrar o vestiário - ironicamente, uma de suas maiores virtudes ao longo dessa segunda passagem pelo Timão.

      Porém, caso ele consiga, a partir de hoje, nos guiar rumo ao meio da tabela do Brasileirão sem maiores percalços, sem problemas: podemos aguardar até dezembro para, somente aí, darmos início a um novo trabalho (visto que o dele, infeliz e irremediavelmente, já deu o que tinha que dar).

      Que, nem que seja por 1/2 a 0, somemos 3 pontos hoje.

      Abraço!

      Excluir
    2. Outra coisa: você é a segunda pessoa que vejo hoje elogiando esse tal DVD do Rodriguinho (com o agravante de que, no seu caso, trata-se de uma pessoa em cujos comentários costumo confiar).
      Vou dar uma conferida agora mesmo, antes do jogo...

      Excluir
    3. Tava só zuando Zé, sei que o seu blog é um espaço democrático de debate sobre o Timão... hehe

      Então, também sempre achei que a principal qualidade do Tite era a gestão do elenco. Se ele perdeu o vestiário, sei não... Realmente, não sobra muita coisa. Se a meta de fato passar a ser se manter na série A (coisa que, confesso, ando me recusando a cogitar), concordo plenamente que o Adenor não é o cara ideal pra comandar esse momento.

      Mas vamos aguardar... Com a folga de ontem até voltei a analisar a tabela do campeonato. Voltamos a estar mais perto da G4 do que do Z4 (talvez eu seja do tipo que exagera no otimismo).

      Excluir
  9. Queridos amigos conselheiros da nossa querida e amada jihad...EU TENHO A SOLUÇÃO DOS PROBLEMAS PARA O NOSSO MAIOR ÓRGÃO DO NOSSO CORPO (leia-se Corinthians)....próxima derrota todo mundo apanha com suaves barras de ferro... Em uma semana o Corinthians volta a vencer.

    Abraço a todos e peço perdão se expressei algum sentimento violento ou de extrema ignorância.

    O imperador.longa vida a jihad.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Imagina! Como de costume, foi um poço de serenidade, rs.

      Excluir
    2. Viu só ze só uma forçadinha e o povo já ta correndo um pouco mais...coringao é isso aí o quer tranquilidade veste outra camisa....

      Excluir

Comentários ofensivos ao Coringão serão DEMOCRATICAMENTE excluídos, sem exceção. Noves fora, a palavra é sua.