segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Bota na conta do Pato!



Esse é o vergonhoso mapa de toques do Timão na temporada 2013, atualizado até 17 de outubro. Creio que a imagem, bastante elucidativa,  fale por si.

Sério mesmo que, em meio a tantas  - e tão consistentes - candidaturas, continuaremos elegendo a cavadinha de Alexandre Pato como a imagem-símbolo do momento crítico que vivemos?

Sem paciência

Pouparei-me de escrever sobre a canalha, conveniente e, para dizer o mínimo, desinteligente fritura de um jovem jogador contratado ao custo de 40 milhões de reais. Ando totalmente sem paciência com essa esparrela toda. 
Ademais, considero desnecessário, visto que minhas impressões sobre o caso foram perfeitamente contempladas pelo que andei lendo aqui, aqui e, principalmente, neste comentário aqui - feito pelo Samuel no Blog do Silvinho

Leiam. Vale a pena.

Limitar-me-ei, portanto, a citar que, se para 70% da torcida (que mordeu a isca direitinho), a infame e irresponsável cavadinha de Pato basta para traduzir a desnecessária crise que vivemos, ao menos para mim, a imagem-símbolo desse circo todo é outra...


Afinal, até quando teremos que agüentar esse PALHAÇO posando de pop star com a camisa do Timão? Até quando teremos de conviver com o interminável ano de 2012 - do qual eu já começo a pegar raiva?? 
Porra, semana sim, outra também, esse VAGABUNDO vem vomitar na nossa cara que, por ser "campeão de tudo", o elenco atual não precisa provar mais nada para ninguém!... 

Será que não percebem que o câncer que nos mata é justamente esse aí? E não me refiro ao atleta Emerson Sheik, mas a tudo o que essa postura dele representa. A arrogância, a prepotência, a soberba, o deslumbramento, a vaidade, o fisiologismo, o coxismo, o novo-riquismo, em suma, o bambinismo, lamentavelmente, contaminaram nosso Corinthians, do gabinete presidencial às arquibancadas.

Que 2014 traga, de presente, nosso Coringão de volta!

* * * * *


Taí algo sobre o qual venho ponderando há tempos, mas não manifestava por receio de parecer conspiratório demais.


* * * * *

Ok, é muito cedo para empolgação, mas algo me diz que Walter ainda vai colocar Cássio no banco...

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

E trabalhar, que é bom: nada?




Peguei como exemplo as duas mais recentes e uma outra qualquer - a primeira que, após duas ou três taças de vinho, consegui puxar de memória. Mas estou certo de que, se fizermos um levantamento mais acurado, fatalmente constataremos que, semana sim, outra também, os treinos do Timão sempre rendem alguma gracinha

Sem floreios: de "torcida que possui um time", o Coringão, ultimamente, vem se reduzindo a um "Marketing que possui uma torcida". Aliás, uma não: a torcida - simplesmente, o melhor mercado com que um publicitário ousaria sonhar.
E é docilmente que caminhamos para isso...

segunda-feira, 14 de outubro de 2013

SPFW 0 x 0 Corinthians: CHUPA, ROGÉRIO!!!

Depois de uma vexatória seqüência de 7 partidas sem sequer balançarmos as redes ter sido coroada com aqueles inaceitáveis quatro a zero sofridos diante da Portuguesa (especialmente inaceitáveis por terem sido "apenas" quatro; fossem sete ou oito e, ao menos, Tite teria sido demitido ainda no vestiário), até que esboçamos uma certa reação no campeonato: com 6 pontos conquistados nos últimos 12 disputados, pasmem!, conseguimos içar nosso aproveitamento - que vinha na casa dos quatorze - para razoáveis cinqüenta por cento.

Desde então, o torcedor voltou a ser brindado com uma boa vitória 1ª etapa diante do Bahia e, para não perdermos o hábito, outros três modorrentos empates por zero a zero - placar que, sejamos óbvios um pouco, é sempre preferível a uma derrota, né?!

Aliás, anestesiado como me encontro neste momento, eu nem me importaria mais caso o time empatasse sem gols todas as demais partidas que lhe restam neste Brasileirão (até porque, se o objetivo for  - como parece ser - apenas o de se manter na elite, então essa mediocridade já nos atenderá perfeitamente), desde que houvesse vencido esta última
Bater a descontrolada bicharada em pleno Jd. Leonor, empurrando-as abismo abaixo rumo à segundona, por tudo o que a história recente deste clássico representa, era quase uma obrigação!

Infelizmente, porém, bastaram alguns minutos de partida para percebermos que o plano era o mesmo de sempre, Cérebro: passar 90 minutos naquele rame-rame de intermediária a intermediária e, com isso, assegurar, mais uma vez, o tão valorizado pontinho fora. 
Mas, aos incautos que ainda insistem em subestimar nosso infatigável timoneiro Adenor Bacchi, um verdadeiro ás da estratégia, já aviso que o planejamento da comissão técnica, evidentemente, não parava por aí! Afinal, jamais deve ser descartada a possibilidade - ao contrário, sempre friamente calculada pelos matemáticos do primeiro-mundista Depto. de Scout idealizado por Edu Gaspar - de que a Fortuna resolva nos sorrir justamente naquele dia, providenciando, assim, para que achemos aquela bola que nos garantirá a tão sonhada vantagem no placar...

Pois não é que, dessa vez, a tal bola apareceu? E duas vezes, ainda! 
Porém, desafortunadamente, ambas foram parar nos pés de Emerson Sheik. E, como já é sabido, quando não está promovendo orgias etílico-tabagistas no luxuoso iate que mantém em Angra (o que ocorre a cada 3 rodadas, religiosamente), o "herói da Libertadores" certamente estará em campo, providenciando para que sua fonte pagadora continue incapaz de tirar o placar do zero.

Ontem, em que pese a falta de alternativas proporcionada pelas ausências de Pato e Guerrero, era preferível que esse PALHAÇO estivesse em seu iate - onde, sem dúvida alguma, atrapalharia menos.
Aliás, às vezes, nem assim ele deixa de atrapalhar. O Instagram do dito cujo está aí para provar isso.

E ainda teve Tite sacando da cartola seu bizarro - e, cada vez mais, digno de pena - arsenal de pardalices... e teve formação final com direito a três laterais e quatro volantes em campo... e, claro, como não poderia deixar de ser, teve Ibson!

Mas nem tudo foi perdido: Diego Macedo, responsável direto pelas bolas do jogo que a "sorte" cuidou de pôr nos pés de Emerson, mostrou-se uma grata surpresa. 

E, claro, teve ele:

Cássioooooooooooooooooooooo!


CURTAS

- Se tivéssemos um treinador de goleiros capaz de corrigir seu temerário jogo aéreo, Cássio já estaria dono da camisa 1 da Seleção, seguramente.

- E agora, senhores semi-deuses do STJD, quantos mandos de jogo a bicharada perderá por conta dos gravíssimos fatos ocorridos ontem, hein? Se houver um mínimo de coerência nessa espelunca, eles, certamente, terão de passar o restante de sua luta contra o rebaixamento distantes do obsoleto Ex-tádio...

- A propósito, atuação no mínimo desastrosa da  PM paulista no episódio, com direito até a borrachada num pai que tentava proteger seu filho da confusão. 
A exemplo do placar, portanto, também neste quesito, seguimos sem novidades...

- De cara, no calor da jogada, não vi pênalti. Depois, pela super câmera lenta da TV, achei que foi. Mas acredito que, mais do que qualquer ângulo de imagem, há um questionamento que resolve a charada: se fosse na outra área, àquela altura do jogo, acaso ele daria?

- CHUPA ROGÉRIO CENI!!!

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Utilidade pública



Para quem vai ao show amanhã e já quer ir entrando no clima (ou para quem apenas está no pique de ouvir uma Sabbazêra, tanto faz...), segue link para baixar o set list completo da turnê do Black Sabbath, em versões de estúdio - tudo em 320 kbps.



War Pigs
Into The Void
Under the Sun
Snowblind
Age Of Reason
Black Sabbath
Behind The Wall Of Sleep
N.I.B.
End Of The Beginning
Fairies Wear Boots
Rat Salad
Iron Man
God Is Dead?
Dirty Women
Embryo / Children Of The Grave
Paranoid


Abraços, bom show, feliz 2014 (venha, Mano!) e, principalmente, VAI CORINTHIANS!!