segunda-feira, 21 de outubro de 2013

E trabalhar, que é bom: nada?




Peguei como exemplo as duas mais recentes e uma outra qualquer - a primeira que, após duas ou três taças de vinho, consegui puxar de memória. Mas estou certo de que, se fizermos um levantamento mais acurado, fatalmente constataremos que, semana sim, outra também, os treinos do Timão sempre rendem alguma gracinha

Sem floreios: de "torcida que possui um time", o Coringão, ultimamente, vem se reduzindo a um "Marketing que possui uma torcida". Aliás, uma não: a torcida - simplesmente, o melhor mercado com que um publicitário ousaria sonhar.
E é docilmente que caminhamos para isso...

13 comentários :

  1. Esse ano o planejamento todo se resumiu a isso "Marketing", as outras áreas estava "tudo bem" títulos sendo conquistados, popularidade aumentando, dinheiro entrando, 25 a 30 mil torcedores em todos jogos em casa.... aí ninguem planejou (ou se preocupou) com porra nenhuma
    Agora estamos aí buscando nossos 45 pontos (palavras de Tite no fim do ano passado pro presidente), uma meta vergonhosa e mediocre diga-se de passagem.

    ResponderExcluir
  2. O melhor marketing é o das vitórias, de estar sempre disputando títulos, de participar da libertadores e de ter um time forte e guerreiro em campo, o resto é "viadagem" e as vezes só atrapalha.

    ResponderExcluir
  3. Caros colegas conselheiros da nossa querida e estimada jihad...

    Concordo com tudo que foi dito pelos colegas...

    Muita frescura e pouco futebol....

    Um abraço a todos.

    O imperador.longa vida a jihad.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tá faltando o famoso "vamos jogar bola, ô-ô-ô-ô-ô!"...

      Excluir
  4. Assim.....
    Conforme escrevi no blog do Silvinho, a arrogância tomou conta de muitos de nós. Então, passamos a acreditar que somos muitos superiores. Um dos nossos escreveu que o Timão caiu na vala dos times comuns. Esta expressão eu cansei de ouvir do pessoal da Jovem Pan, se referindo ao Vila Sonia. O ano passado, vi o time levar uma baile do Botafogo e parte da torcida gritando "PQP, Cucaracha que o Botafogo nunca viu...." No feissibuqui, um cartazete trazia as "glórias" do clube: o mais rico, CT mais moderno, estádio que vai abrir a Copa. E eu com uma tremenda saudade dos tempos em que tirávamos onda dos adversários apenas por aquilo que fazíamos dentro de campo. (Múcio Rodolfo Neto)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa da torcida contra o Botafogo me fez corar! Estava lá nesse dia e posso garantir que foi a coisa mais bambi que já vi a Fiel fazer. Putz grila!!

      Excluir
    2. Querido passe...

      Eu já tinha comentado isso com o Zé outro dia....são as famosas happy familys dos estádios de futebol aquelas mesmas que as emissoras de TVS adoram filmar...aquelas mesmas que gritam gol antes da bola entrar....aquelas mesmas que eu NÃO vi no jogo contra o Grêmio lá no sul quando caímos...aquelas mesmas que não estavam na noite das garrafadas em 91 contra o Flamengo no Pacaembu ou aquelas mesmas que eu NÃO vi em 87 no primeiro turno do paulista que nosso Corinthians não ganhou um jogo sequer...como também NÃO vi na estreia do Fabinho ponta direita de 90 contra o Sampaio Correia que não tinha nem 10 mil e o trouxa aqui foi o ÚNICO pagante no tobogan (sim eu tô velho, é notório) porém reconheço que não sou mais torcedor que ninguém nem mais fanático e concordo com análises e hipóteses que são sempre colocadas pelos colegas deste espaço que aprendi a admirar e respeitar que é a Jihad...entretanto meu querido aprendiz de sofredor vi muitos acredite, muita gente deixar de comer para comprar ingresso para ver o meu Corinthians em campo e é por esses que tem que haver respeito concordando com ações de marketing as quais também sou favorável....
      Em resumo quando nosso Amado Corinthians estiver na beira do abismo é de pessoas como nós e outros tantos que não aparecem em cqc ou gazetas da vida que o nosso time poderá contar,pode ter certeza absoluta disso que esse filme eu vi rolar muitas vezes....

      Desculpem -me o desabafo.um time fundado por operários e atingir a esfera que hoje atinge deve sempre ser prevervado pela sua origem e não pela sua capacidade de gerar novos lucros.

      O imperador.longa vida a jihad.

      Em tempo:sim quando o assunto é Corinthians eu beiro a psicopatia.

      Excluir
    3. Ficar gritando isso aos 4 ventos é ridículo. Mas porque essa enorme diferença não faz efeito em campo, eu não consigo entender.

      Excluir
    4. Amigo cesar

      Acredito eu que vontade e cobrança por parte do treinador e da diretoria é o que falta hoje o elenco alcançou um nível que todo mundo ficou amigo um do outro e isto é nocivo para uma competição saudável no elenco...

      Um abraço.

      O imperador.longa vida a jihad.

      Excluir
  5. O pior é que é um "marketing" tão pobre que só reforça a tese de incompetência dessa diretoria.

    Exemplo: o que adianta trazer o Zizao se o cara sistematicamente NUNCA joga? E mais, o que adianta trazer o cara, arrotar por aí que o "Corinthians visa agora o mercado chinês" e não fazer UMA ÚNICA partida lá, por exemplo?

    Exemplo 2: Pato. Jogador de muito potencial, isso e aquilo. Por 40 milhas. Ok... era um investimento arriscado mas poderia sim dar retorno. Por que não garantir ou aumentar a chance desse retorno? Por que não colar o Ronaldo no cara, dando toques na carreira do jogador etc e tal? Por que não amarrar ao cara um psicólogo, para que retomar o jogador que ele poderia ter sido?

    Mário Gobbi, Duilio, Roberto Andrade, Tite, André Negão... se somar o QI de todos ali não dá meia dúzia.

    Abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente, inclusive quanto à soma dos QIs.

      Excluir

Comentários ofensivos ao Coringão serão DEMOCRATICAMENTE excluídos, sem exceção. Noves fora, a palavra é sua.