domingo, 8 de dezembro de 2013

Enfim, livres.

Tivesse sido digno o bastante para pedir demissão logo após a goleada sofrida diante da Lusa, no final de setembro, Tite teria um pouco mais do meu respeito neste momento. Porém, ao transformar sua despedida em algo pateticamente épico, como se sua passagem fosse o maior evento dos 103 anos de história do clube, o Adenor conseguiu, mesmo, foi o meu nojo. 

Se enxerga, né, rapaz?!...

A superexposição tem sido tamanha que, hoje, não suporto mais nem olhar para a cara desse babaca - perdoem-me os titetes, mas não conheço tratamento mais adequado para carolinha barbado que se refere a Deus como "papai do céu". 

Pois chame-O como quiser, mas vá com Ele, Tite. E, esteja onde estiver, fique por lá pelas próximas décadas, se possível; "até breve" é o caráleo!

Enfim, livres. Que venha Mano Menezes.

92 comentários :

  1. Algumas manifestações nos antitênicos que devem ser destacadas.
    1- Uma delas é este "se tivesse pedido demissão depois do jogo da Portuguesa. E que numa tradução final e definitiva, poderia ser: "nunca ter voltado ao clube". Voltou porque foram atrás dele. Porque se lembraram dele e da sua competência. E quem fez isso, Andrés - tido por muitos do MFT como a antítese do Gobbi, o omisso que segurou o "cagão".
    2- O segundo é aquela balela de minimizar ou anular os méritos do treinador citando os feitos dos jogadores. A defesa do Cássio, o gol do Paulinho... Bom até onde me consta no futebol quem resolve os finalmentes são os jogagadores. É como se apenas a sorte do Adenor dependesse da intervenção de seus comandados. O esquema que muitos execram se mostrou, enquanto tinhas peças boas a disposição, eficiente,pois tivemos a melhor defesa da Cucaracha e um dos ataques mais positivos. No CB-11 foi a mesma coisa.
    3- Eu acho que foi um erro a diretoria e o Tite terem anunciado a sua não permanência. Deviam ter feito isso na próxima semana. E o que aconteceu depois disso: os antitétinicos ansiosos e excitados com a realização do grande sonho, de ver a vitória de uma campanha de anos e, do outo lado, os titenistas, rendendo homenagens e mais homenagens. Pode até ser meio piegas,mas é uma forma de gratidão, de alguém que reconhece a importância do treinador em sua passagem pelo clube. Pode ser algo doentio, repugnante, mas é algo tão problemático quanto um ódio tão doentio, a ponto de fazer com que alguns torcedores manifestassem o desejo de derrota do time para que o fim da Era Tite fosse antecipada. O fato é que parte do MFT não suporta o fato de que outros torcedores não rezem pela sua cartilha e demonstrem admiração pelo treinador.
    4- E tem aquela história de querer que o técnico assuma sua responsabilidade pelas derrotas, confesse seus erros. Eu nunca vi um técnico fazer isso e quando o fez sempre usou algum argumento para minimizar seus erros. "Errei, mas....". Exigiram do Adenor uma humildade que a grande maioria dos seus colegas de profissão não tem. Fica parecendo que o MFT estava louco para que o Adenor assinasse o seu atestado de incompetência para que pudessem levantar o troféu da grande "conquista": "Tá vendo como tivemos com razão esse tempo todo. Tanto é que o próprio farsante reconheceu". O MFT não se contenta com a saída do treinador. O MFT quer ser sua humilhação, o MFT quer vê-lo sendo linchando pela imensa maioria dos torcedores.
    5- Eu me concedo ao direito de criticar o Adenor por algumas escolhas. Lá no começo não gostei nada dele ter consentido o empréstimo do Wiliam Morais, de não ter aproveitado o Ewerton Ribeiro em seu retorno, de ter insistido com o Dentinho ao invés de efetivar o Willan Xoroxó.... O que eu não me arrisco é analisar o seu caráter, pelo simples motivo de não estar lá e de que muitas coisas que saem na imprensa pode não ter sido dito por ele. Diferente do que sai em vídeo. Então, esta conclusão de que o cara se sente maior do que o clube é meio que duvidosa. Ou dizer que ele está preocupado porque sabe que o sucessor dele pode ter sucesso no clube também e soa como tentativa de demonização. Ah endeuzamento é inadmissível, mas demonização pode! Dia desses disseram que o Adenor iria torcer para que nenhum outro técnico conquistasse a Cucaracha para não igualá-lo. Se o Adenor tem tal preocupação ele está sendo bastante imbecil, mesmo porque ninguém vai tirar dele o ineditismo. Ninguém vai tirar dele o fato de ter sido o primeiro técnico a ser campeão do mundo pelo clube, atravessando este mesmo mundo.
    6- E que venha o Mano, com ideias arrojadas, time ultraofensivo, atacando os 90 minutos, sem recuar jamais, sem fazer com que os atacantes voltem para marcar, sem estranhas preferências por determinados jogadores, sem desculpas esfarrapadas..... Ele não vai reclamar de arbitragem, mesmo que esta seja do nível Amarilla. Também não vai lembrar dos desfalques. O sol da liberdade vai raiar no sombrio mundo corinthiano.
    (Múcio Rodolfo)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com você, Mucio, obviamente o Tite nao e' o único treinador a relutar em aceitar derrotas. Mas que ele se encaixa no grupo dos que mais o fazem, isso e' fato. E isso me chama a atenção desde a época do Inter, onde ele atribuiu a derrota acachapante para o Timão na final da Copa BR 09 a "uma arbitragem confusa no primeiro jogo e um primeiro tempo ruim no segundo." E pelo menos na minha opinião, especificamente nesse aspecto, o Mano costuma ser, sim, mais sensato e preciso pra analisar o desempenho do próprio time.

      Excluir
    2. 1- Á época, comemorei seu retorno. O que não significa muita coisa, aliás, já que se tratava de substituir Adilson Batista.

      2- Também discordo de quem faz isso, Múcio.

      3- Mas passou muito dos limites, Múcio. Sinceramente, eu me sinto ofendido com essa espetacularização toda - com a qual, aliás, somente ele tem a ganhar.
      Da maneira como falam, até parece que ele levou um Coritiba da vida ao título mundial. Se isso viesse apenas da abutraiada da imprensa, seria compreensível; o que dói é ver uma gorda fatia da torcida caindo nessa feito patinhos...

      4- De novo: mas você não acha que ele passa dos limites nesse quesito? Teve coletiva pós jogo - e não foram poucas - que chegou a dar vergonha...

      5- "Ninguém vai tirar dele o fato de ter sido o primeiro técnico a ser campeão do mundo pelo clube, atravessando este mesmo mundo."

      Reconheçamos, então: nos fazíamos de blasés, mas, no fundo, nos incomodávamos com aquela bandeira da bicharada - "para conquistar o mundo, é preciso atravessá-lo"...

      Excluir
  2. Realmente estava enchendo saco esse TITE TRIBUTE; mas acho que na época não tinha ninguém decente pra colocar no lugar e quem sabe a merda que teria acontecido, foi melhor ligar o piloto automático e ficar nesses jogos insossos. Mesmo assim, com esses comedormeducaraio desonrando a nossa camisa ainda existem 10 times piores que nós no campeonato brasileiro! Como você eu gosto do Mynigga Menezes como técnico e espero que ele acorde o time. Agora a treta será nossa NOSSA CASA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu o tinha na exata conta que ele merece, com as glórias e fracassos que marcaram sua passagem. Porém, depois desse carnaval todo, peguei asco. Será que foi só comigo que aconteceu isso, Giba?

      Excluir
    2. Zé Carlos, não foi só contigo! "O que vc está sentindo, EU TÔ SENTINDO TAMBÉM!!!" Nossa, vergonha alheia pelo vídeo que o GE veiculou, do charlatão vociferando a frase anterior, às vésperas do jogo contra o poderoso Timbu. Asco é a palavra. (Elmo)

      Excluir
  3. Zé, acho que diante de opiniões tao acaloradas sobre tudo que cerca o assunto Adenor vou me abster de expor meu ponto de vista, demasiadamente morno e neutro sobre o caso. Vou direto para o que interessa a partir de agora, que é o ano que poderemos ter ano que vem.

    Acho todos sao unanimes quanto a necessidade de reformulação (pra deleite da imprensa), mas acho que o Mano nao vai ser insensato em mexer na melhor defesa do Brasil na atualidade. Logo, o mais lógico é que continuemos com os pilares Cassio, Gil, Paulo André e Ralf, bem como o próprio sistema de marcação por pressão, que apesar de nao ter sido inventado pelo Tite (como alguns exagerados da imprensa parecem acreditar) foi por ele muito bem implementado. O Mano buscou jogar dessa forma durante todo o seu comando pela Seleção, nao acho que de volta ao Corinthians, com um bom legado nesse aspecto, ele va mudar de ideia.

    Para as laterais, nao acredito que ele pretenda se contentar com jogadores que apenas defendam bem. Claro que boatos sao boatos, mas aparentemente a ficha caiu para diretoria, e a busca por laterais tem sido prioridade. O tal Rafinha do Bayern seria uma boa. Para a esquerda realmente ta foda, o mercado praticamente nao tem opções. Vamos rezar pra que garimpem algum novo Andre Santos, quem sabe...

    A parte ofensiva é a mais complexa. Elias é prioridade zero, nao preciso nem citar. Renato Augusto, na minha opiniao, nao da pra contar. Meia armador tem que ser mais presente, e infelizmente o cara é bichado. Tem que ficar no elenco, e o que vier do grande potencial que ele tem sera lucro. Mas eu investiria em um time montado com o Rodriguinho. Nao mandaria embora o Danilo, pois o cara é experiente, nao reclama do banco, e pode ser util em ocasiões especificas. Nao desistiria do Pato, nem do Romarinho (após serem devidamente enquadrados), mas traria um bom atacante que joga aberto, pra ser titular e fazer sombra pra eles.

    Meu time base para o ano que vem: Cassio / Rafinha, Gil, Paulo Andre, ? / Ralf, Elias / Rodriguinho, Pato, ? Guerrero.

    Na verdade minha reformulação nem é tao drástica assim. Gastaria uma grana nas laterais e no segundo meia-atacante, se possível repatriando alguem. O resto das contratações seria pra compor elenco e garimpar bons jogadores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lúcido como sempre. Mas será que o Rodriguinho segura esse rojão?

      Excluir
    2. Realmente talvez seja prematuro para o garoto. Acho que acabo me empolgando sempre que surge algum meia talvez possa vir a manter a velha tradição de armadores cerebrais que o Timão sempre teve... O ideal mesmo é trabalhar o jogador como opcao ao longo do ano.

      Mas como ja mencionei, é muito arriscado armar um time em função do Renato Augusto, e o Douglas, de quem eu gosto bastante, conta com uma ma vontade lazarenta da imprensa e boa parte da torcida. Se ele nao faz um gol e duas assistências por jogo, volta a ser imprestável. Por causa de gente assim que os times hoje em dia sao cheios de meia-atacantes que correm muito e pensam pouco.

      O negocio é ver quem pode vir pra essa posição, apesar da carência no mercado. Sera que Diego, ex-lacaio do Robinho, teria muita rejeição por parte da torcida?

      Excluir
    3. Douglas também tem crédito comigo, João Luís. Também prefiro meias tidos por "dorminhocos", porém cerebrais, aos velocistas semi-acéfalos.

      Renato Augusto seria o ponto de equilíbrio - caso não precisasse ser embalado em plástico bolha antes de cada partida...

      Não acho que Diego encontraria rejeição, não. Se bem me recordo, ele sempre foi discreto em meio à rivalidade entre os clubes.

      Excluir
    4. Mas acho esse Diego fraco, fraco...

      Excluir
    5. Nos tempos de Santos, chegamos a considerá-lo melhor que o Robinho - o que também não quer dizer muita coisa...

      Excluir
  4. Veja só que interessante. Dia desses num dos espaços que frequento, alguém contou que o Mano acostumava dar longas preleções. Falava, falava, falava..... Na hora de subir para o campo, o Ronaldo dizia para os companheiros: "esqueçam as merdas que ele disse". Tal história, a gente já ouviu, mas com outro personagem, certo Zé Carlos? Ah quem contou esta história frequenta o clube. Logo...
    (Múcio Rodolfo)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eita! Dessa eu não sabia, Múcio. Mas faz sentido; é a cara do Ronaldo...

      Excluir
  5. Aquela brincadeira que passava no quadro Domingo no Parque do programa Silvio Santos...
    Dentro da cabine, o meu amigo Rodrigo Bodão Dos Santos Candido. Rodrigo não escuta o que o homem do bau está falando mas tem de dizer sim ou não, assim que é liberado para tal.
    Começa a brincadeira.
    - Rodrigo, vc troca o time do Corinthians que não conseguiu ganhar do Náutico pelo time do Sopone?
    -Naãaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaao
    O homem da Porta da Esperança segue a brincadeira:
    - Rodrigo, vc troca o time do Corinthians pelo Conveniense e pelo Vice da Gama, que marcaram muito mais gols que o seu time no CB?
    -Nãaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaooooooooooooo!
    Aqueles trejeitos faciaias e manuais e
    - Rodrigo, vc troca o time do Corinthians,que conseguiu a proeza de não marcar gols em 19 partidas, pelo Manjubinha FDT?
    -Nãaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaao.
    E assim termina mais um quadro do domingo no parque.

    E lá vai o nosso amigo Rodrigo feliz da vida porque o Corinthians pode lhe decepcionar algumas vezes com um rebaixamento, mas lá na frente vai recompensá-lo com a conquista de um título importante; pode até perder para uma Luverdense da vida, mas adiante vai vencer um clássico do jeito que o Rodrigo gosta.

    Como diria o guru do Lobão e mente dominadora da revista Veja, segundo o meu amigo Danilo Soares de Oliveira, "só não vê quem não quer, porra!"
    (Múcio Rodolfo)

    ResponderExcluir
  6. Tite foi espetacular em 2012 e bem até metade de 2013, mas caiu tanto que sua permanência se tornou insuportável. Muitas faixas de obrigado Tite, mas nenhuma com os dizeres "fica Tite" (perfeito). O Timão desfilou contra o Nautico suas contratações 2013. Estavam todos ali e dava para se ter uma ideia do que realmente compraram. Juntos não servem nem para jogar contra o pior time do pior campeonato dos últimos anos. Rodriguinho, comprado a peso de ouro da segundona(só 50% como sempre) não serve nem para banco (anota ai no seu caderninho, o tempo dirá). Diego Macedo (tem gente que ainda gosta), Ibson (Crédo!!!) e nossas revelações (não dá para falar ainda mas não vejo nada de promissor). Quem tem grana, seriedade e quer realmente arrumar o time vai e compra logo, Marcelo, Everton do Atlético Paranaense e Elias. Os principais responsáveis por aquele time ridículo que entrou em campo contra o Nautico saíram ilesos como se o único culpado fosse o Adenor e ainda deixaram a imagem de coerentes e diferentes ao fazerem uma transição de técnicos nos moldes da racionalidade. Tive nojo não só do Tite (se perdeu no meio de "pardalices" ) e também do time que vi sábado. Tive nojo de Emerson Sheik o qual esticaram sua permanência no time por mais 2 anos, tive nojo de Danilo (volta para a tumba múmia), tive nojo de Alexandre Pato, tive nojo de Romarinho, tive nojo da venda do Marquinhos, tive nojo da venda de Paulinho, tive nojo do Edu, do Mario Gobbi e estou com nojo destes balões de ensaio que são lançados (estão falando por ai que o Corinthians vai comprar Rafinha do Bayern) e depois vem com alguma pecinha da segundona. Tite saiu , e a diretoria parece que vai repetir o repertório 2013 (Isso me dá calafrios). Quero um Corinthians forte dentro de campo e só estou vendo neguinho fazendo negociatas e pensando nas próximas vendas e transações. Isso realmente me dá nojo.

    ResponderExcluir
  7. (Não tem relação com ninguém aqui do blog)
    Apenas um desabafo..
    * Se declara como corinthiano, mas prefere lembrar da eliminação frente ao Tolima do que da conquista invicta da Cucaracha Cup. Poser!
    (Múcio Rodolfo)

    ResponderExcluir
  8. Passou despercebido por todos o fato do Corinthians ao entrar com o time B (inclusive com Zizao) e perder para o Naútico (ridículo) poderia ter ficado fora da Sul americana. Bastava que dois de qualquer destes 4 times (Internacional, Flamengo, Bahia e Portuguesa) ganhassem seus jogos e estaríamos torcendo para a Ponte perder a decisão e o Bota ficar com a vaga da libertadores para sobrar mais uma vaga para a Sulamericana. Flamengo jogou com a Portuguesa, qualquer resultado diferente do empate e já seriamos 11º. Bahia deu mole, mas jogou em casa contra o Fluminense (poderia ter ganho o jogo)e o Internacional empatou em casa com o mistão da Ponte (essa foi na sorte mesmo). Sentiu o drama ? Estes caras não são sérios, ficaram todos, inclusive a torcida dando "chauzinho" para o Tite e entramos com o time B (de bosta) quase tomamos Nabo. Chega de Amadorismo, estes porras não sabem fazer conta ???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. César, antes de mais nada, confesso que meu interesse pela tal de Sul Americana é tão grande que eu sequer sabia a faixa de classificação para o torneio até esse seu comentário...

      Mas concordo que, se a manutenção da décima posição valia vaga em mais um campeonato, foi de extrema irresponsabilidade - para dizer o mínimo - termos passado as últimas 4 rodadas mais preocupados em "dar tchauzinho pro Tite".

      Pelo visto, continuamos deslumbrados, vivendo num universo paralelo. A ficha ainda não caiu.

      Excluir
    2. Na verdade, nao so o Corinthians, mas todos os clubes e a imprensa em geral, ignoraram a classificação para a Sulamiranda pelo fato de que nao se sabe quem vai disputa-la.

      Alteraram o sistema de classificação, e se é que eu consegui entender direito, classificam-se os clubes que caem antes das oitavas de final da Copa do Brasil durante o primeiro semestre, seguindo, ai sim, a ordem de classificação no Brasileiro do ano anterior.

      Eu sei que parece piada, mas podem pesquisar. E esse ano ja foi assim. O bom é que poe esse torneio no seu devido lugar, segunda divisão da Cucaracha, plano B do plano B.

      Excluir
    3. A Sul americana paga bons prêmios e projeta a marca em uma época do ano em que, quem não está decidindo nada, ainda fica em evidência (veja a Ponte tá segundona e está na mídia). Quando é um time grande a projeção e os ganhos são maiores e ainda dá uma vaga para a libertadores. Ficar fora da libertadores foi um fiasco, ficar fora de tudo é inadmissível !!!

      Excluir
    4. A sulamiranda tem outro critério de classificação, são os que caíram na cota do Brasil até as quartas mais uma pá de asneiras. E ainda tem a porcaria da Suruga. Vale a pena não.

      Excluir
    5. Vixi, e eu nem me lembrava da tal de Copa Suruba... realmente, vale não, Marcus.

      Excluir
  9. Queridos amigos da nossa querida jihad...
    Quem ganha e quem perde nessa porra é foi e sempre será o Sport Club Corinthians Paulista e quem for contrário a esta afirmação tem mais é que tomar teco de .40 na cara.

    Espero que entendam a humilde e singela manifestação acima e peço desculpas antecipadas caso venha a ofender alguns dos conselheiros do nosso tão humilde e Amado blog.
    Um abraço a todos boas festas e vamos com o nosso Corinthians onde ele estiver.

    O imperador.longa vida a jihad.
    em tempo: concordo com o colega cesar....deu muito nojo.obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como sempre, já chega dando voadora, hahaha!

      Excluir
    2. Vcs sabem que eu nem prestei atenção em tais homenagens. Eu sei que ele foi homenageado por funcionários do clube, pela organizada, até o Andrés tido como uma espécie de anti-Gobbi fez isso. De repente eles estavam comemorando a saída do cidadão, fingindo que era uma homenagem. Vai se saber, ser humano é complicado.
      (Múcio Rodolfo)

      Excluir
    3. 1- O Imperador chega dando voadora, mas pelo menos trata os conviva com respeito e dignidade.
      2- Eu não vejo em alguns blogs as criticas que o César faz por aqui. Ficam todos embestiados pelo tal fabuloso faturamento e não percebem o fato de comprarmos apenas a metade do passe de jogadores que não passam de simples promessas.
      3- Todo mundo sabe que o maior culpado no caso Marquinhos foi a diretoria, não entanto todas as baterias do MFT se voltam contra o ex-treinador. Eu queria entender esta blindagem em torno da diretoria.
      4- Jorge Henrique. Segundo li num outro espaço que frequento o que o JH aprontou foi coisa "braba". O Adenor poderia revelar o motivo, mas talvez por caráter - que muitos consideram como péssimo- não o faz.
      (Múcio Rodolfo Neto)

      Excluir
  10. Colega Mucio...(desculpe-me a informalidade)...
    Deixe-me explicar...nosso guru desta perola de blog neste mar de mesmices e esbravejar de opiniões e teorias chamado Internet sempre coloca as coisas assim....o bem e o mal.
    Meu colega conselheiro de blog....eu sou "nego veio" ,manja e tive grande contato com o meio...ocorre meu querido que tudo em todo lugar é máfia ,família,turma,entende tudo política e dinheiro...ou vão me convencer que o dinheiro gasto em 2005 no Corinthians do Kia é mais sujo que o dinheiro gasto no Chelsea,esse mesmo nosso vice em 2012,ou vão me conhecer que empresários técnicos e diretores colocam jogadores 5 minutos em troca de NADA!!!!!entende....é assim quem quer rir tem que fazer rir....juizes de categorias menores andam no meio dos clubes pois o patrocinador de torneios querem filé no final dos torneios....capiche....por ai vc V como funciona as coisas não no futebol brasileiro,no mundo é assim......lembra de Acosta,Perdigão...alguém leva cara faz parte.....

    Então o que eu faço eu dou uma de loki e torço entende...só isso...
    Enquanto a tratar respeitosamente é ao mesmo tempo ironia e brincadeira como verdade pois aki todo mundo se respeita.

    Em resumo não quero saber quem morreu eu quero é chorar....

    Vai Corinthians,quer justiça pede para Deus,eu quero ver meu time lá no alto sempre,não me importa como....

    Um abraço a todos os nossos conselheiros deste que é mais do que um espaço e sim um confessionário de apaixonados por um sentimento este sim puro e genuíno que insiste em bater em todos os nossos corações em forma de um shorts Preto e uma camisa branca.
    Abraço a todos.
    O imperador.longa vida a jihad(me empolguei pra Karaleo)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, assumidamente maniqueísta, Imperador! O post inaugural já evoca o Corinthianismo enquanto "luta diária do amor contra o ódio, (...) do Santo Guerreiro contra o Dragão da Maldade".

      Excluir
  11. O Zé não tive intenção de dizer que vc entende as coisas erradas se me expressei desta maneira peço sinceras desculpas....
    Você é o nosso guru.

    O imperador.longa vida a jihad.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas eu não me ofendi, bróder, pelo contrário. Mesmo. Aqui não tem melindre não, brô...

      E pára com esse papo de guru que eu tô ficando cabrêro, hahaha! Eu só administro o espaço, quem faz a coisa acontecer é a comunidade. O blog passou 40 dias sem atualização - muito trampo, véio... - e vocês mantiveram o espaço na ativa, com mais de 100 comentários num post besta, despretensioso.

      Excluir
  12. Então é nóis...

    abraço.

    O imperador.longa vida a jihad.

    ResponderExcluir
  13. Tite e suas carolices revelam um dos lados nefastos, o de usar a religiosidade para ganho próprio.

    A falta de caráter reside aí, curva-se a realidade. É a mesma raiz do discurso vazio e carregado de ranço que reproduzem, inexoravelmente, esses imbecis hooligans.

    O desastre da Lusa refletiu outro aspecto, o medo útil, invertida a ordem de comando, curvou-se outra vez a realidade, a piedade como fuga.

    A cada momento esse picareta se mostra, ao falar do Everton Ribeiro: "Eu não sabia nem se ele era do clube. Era? Bom, não tive tempo. Se ele jogou, foi pouco. Não foi considerável para eu fazer a avaliação. Recordo que tinha Jorge Henrique e Dentinho para os lados, Danilo no meio. Se o tempo de análise tivesse sido maior, e eu queria isso, poderia...".

    ...!

    Nem peço dele uma posição política ativa, como a do nosso péssimo zagueiro, mas bom filósofo, Paulo André, em algo que pressupõe uma participação coletiva, portanto sujeita à contrariedade e necessidade de reafirmar argumentos com um mínimo de validade.

    O que me irrita é algo além campo, é ser insultado com um discurso piegas e mansinho, entretanto carregado de sofismas, inverossímil e não disposto a ser contrariado.

    E desses artifícios se valem todos os que exploram a vontade alheia.

    Vai tarde!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente o Adenor pisou na bola no caso Ewerton Ribeiro. Eu fico a vontade porque na época cobrava uma oportunidade para o garoto. Só que tem uma coisa, Marcus: eu, você e outros comentadores de blogs temos moral para cobrar e criticar este vacilo do ex-treinador. Eu não sei se vc se lembra, mas muitos duvidavam da qualidade do garoto, diziam que ele era mediano, que não era jogador para o Corinthians. Isto me soa como oportunismo.
      (Múcio Rodolfo)

      Excluir
    2. Porra, assino embaixo! Quanto ao Paulo André, inclusive!!

      Excluir
    3. Pois é mucio, a fonte de jogadores seca, e se ele é jovem, é também mediano, só que sempre foi um pouco melhor que os desta geração, que só tem um neymar como proro craque. Abcs

      Excluir
  14. Cientistas revelam: Adolf Hitler não morreu! Ele fugiu para o Brasil e assumiu a identidade de …………….Adenor Bachi!
    (Múcio Rodolfo Neto)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depende da fonte, Múcio; tem muito site jurando que, na verdade, foi Mahatma Gandhi quem fugiu para o Brasil, sob a alcunha de Adenor Leonardo Bacchi.

      ;-)

      Excluir
    2. "Os comentários são moderados. Se ofensivos ao blogueiro ou ao Coringão, serão sumariamente excluídos."

      Me permita uma pergunta básica: comentários ofensivos a algum conselheiro da Jihad terão que tratamento. Por ser um blog ainda pequeno com poucos comentadores ainda não notei nada nesse nível, mas quando este espaço crescer,qual será a postura do "moderador"? Será atento apenas quando se tratar da sua própria pessoa ou se baseará na ideia de que não quero para os outros aquilo que não quero para mim? Valeu.
      (Múcio Rodolfo)

      Excluir
    3. Porra... t'aí, Múcio: nunca pensei sobre isso, sinceramente. Quando bolei o blog, realmente achei que ele teria algo entre 0 e 1/2 comentários por post - daí o blogueirocentrismo da mensagem.

      Mas, já que o espaço tem mostrado mais vocação para forum... você tem razão: a partir de agora, não apenas pensarei a respeito como, prometo, darei nova redação ao alerta.

      Mas......

      Relendo seus últimos comentários, TODOS, fico com a impressão de que, em sua opinião, ofendi alguém em outro blog ou algo assim.
      Fiz isso, Múcio? E foi você? Ou foi outro?
      Principalmente: foi grave??
      Enfim...

      Pergunto de peito aberto, mesmo, Múcio. Sinceramente, não sei - mas, por favor, desculpe-me se sim.

      Abraço!

      PS: sem ironias, o que mais me preocupa mesmo é que, de 2 dias para cá, esse esteja virando um blog de DR...
      Espero que, como tudo no futebol, seja fase.

      Excluir
    4. Os dois ultimos comentários foi sim um protesto contra a falta de respeito existente em outros blogs. Aqui é diferente. Ninguém se refere às pessoas que defenderam o Adenor o que refutavam a sua condição de incompetente, mau caráter, canalha como viúvas do treineiros, tietes, fãzoca... Aqui ninguém posta comentários caracterizados como crimes de injúria e difamação. O que vemos aqui é única e exclusivamente um debate de idéias e não um bate-boca. Por enquanto vc não tem dado espaço para a trollagem e eu espero que continue assim. Os comentários anteriores foi para ironizar aqueles que, na ânsia de detonar o ex-treinador preferiam lembrar dos fracassos e não dos sucessos e aquela pérola de que 2007, comparado com 2014, não foi tão ruim! Ah, o que significa DR?
      (MR)

      Excluir
    5. DR = Discutir a Relação, hahahaha!

      Excluir
    6. E fico mais tranqüilo assim... segue o jogo....

      Excluir
  15. A Diretoria anunciou Mano Meneses e já declarou que Elias e Marcelo, são inviáveis para o futebol brasileiro. Elias por 15 mi de euros é inviável e 60% do Pato pelo mesmo preço é viável para quem banana ???? Marcelo não vale R$ 10 mi ou seja 3,5 mi de Euros ? http://esportes.terra.com.br/corinthians/na-mira-do-corinthians-marcelo-quer-ficar-no-atletico-pr-por-libertadores,1a176800398c2410VgnCLD2000000dc6eb0aRCRD.html Continuarão as contratações vira latas ???. Amigos, estou cada vez mais desanimado. Se continuarem com este tipo de política de nada adianta estádio novo, orçamento milionário e dinheiro que entra e ninguém presta contas. (um dia a verdade virá à tona, mas provavelmente tarde demais ) . É evidente que não estão preocupados em um time realmente forte e sim defendendo outros interesses. Não se iludam com a história do Rafinha do Bayern, jamais virá, é conversa para desviar a atenção. Quem não paga R$ 10.000.000,00 do Marcelo, jamais comprará Rafinha.

    ResponderExcluir
  16. Mucio, tem um desafio lá no site do lance, sobre o time de 2008, que somente você saberá resolver... Já viu?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acabei de ver, mas nem tentei... tem jogador que passou tão rápido pelo Corinthians que nem deu para guardar a fisionomia
      (MR)

      Excluir
    2. Veja tabela do orçamento dos times brasileiros.
      http://globoesporte.globo.com/futebol/brasileirao-serie-a/noticia/2013/12/estudo-pontos-do-timao-custam-quase-quatro-vezes-os-do-cruzeiro.html
      Veja quanto o Corinthians pagou por cada ponto conquistado. Veja uma administração ridícula onde o time mais rico do país paga caríssimo de um time meia boca. (Ibson, Maldonado, Edenilson, Douglas, Sheik, Rodriguinho, Pato, Danilo). Nem o Flamengo quer o Sheik (quem renovou com esse cara até 2015 ???)

      Excluir
    3. Essa eu já tinha visto, César; foi de doer nos bagos. E, agora, Elias é anunciado como inviável...

      Excluir

    4. Bom.... para o MFT quem fez isso foi o ex-técnico que tinha poder de renovar contratos, decidir sobre dispensas, vetar novas contratações. Foi ele quem teria dado sinal vermelho para o retorno do Elias. Enfim, se isso aconteceu e o ex-treinador assumiu o status de mandatário-mor do clube, a diretoria também é culpada por omissão elevada a uma potência muito alta. Eu sempre discuti aqui com vc que o Corinthians tem uma tendência a se dar bem com jogadores quase desconhecidos do que com estrelinhas, mas por outro lado, eu sei que não dá para se fazer um time vencedor apenas contratando promessas. E aí fiquei pensando no seguinte: o Corinthians está propenso a se livrar dos medalhões -"vagabundos", "baladeiros", "paneleiros"... alguns vão sair porque a idade exige isso. Mas.... quem é que vai ser o esteio deste grupo? Eu até acho que com os jogadores que sobraram -se não sair ninguém- dá para formar um time interessante, mas me parece que vai faltar aquele cara que chama a "responsa". O Ralf parece não ter este pefil. O Pato muito menos. Como diria Raul Cortez, no programa vc decide: "situação complicada essa"
      (Múcio Rodolfo)

      Excluir
  17. Diego (ex Santos) está sendo pretendido pelo Santos e pelo Atlético de Madri (R$ 13) o imbróglio está no salario (R$ 1,3 mi). O Corinthians pagou R$ 6 mi do Rodriguinho (50% do passe) da segundona (assistiu um videozinho e engoliu a isca) . Logo : Rodriguinho custa 12 e Diego custa 13. Obviamente que, quem comprar Diego tem que colocar mais uns 7 pf para ajustar o salario aos parâmetros nacionais. Não Valeria a pena gastar 20 e trazer Diego , ao invés de ter comprado esse tal de Rodriguinho, Diego Macedo e renovado com o Sheik?? A Grana seria a mesma e nós veríamos entrar em campo com a camisa do timão um jogador que todo mundo já sabe o que joga e dava para explorar a imagem do jogador, com um jogo de apresentação e aquelas festas mirabolantes que rende fácil um 5 a R$ 10 mi com renda e patrocínios, que os europeu fazem tão bem. Essas negociatas vira latas, inflam o elenco de porcarias, não dão qualidade e ainda nos deixa herdeiros de jogadores (Sheik e Danilo) que hoje ninguém quer, Simples quando o jogador não está rendendo mais nada, não se renova o contrato e ponto e vende barato se for o caso. Se você fosse um patrocinador e quisesse ver sua marca em evidência, você colocaria seu dinheiro em um time com um elenco realmente forte e não cheio de pardais. Por que tanto investimento em promessas duvidosas e nada de comprar algo concreto ?? Se o Corinthians não fosse naturalmente um fenômeno de arrecadação nas mãos desses incompetentes (ou mal intencionados) estaria cindo pelas tabelas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu só discordo de você ter gastado todo esse latim em torno do Diego, César. Ele não tem bola nem carisma para chegar com essa panca toda, não. Nota 7, se tanto.

      Fosse dirigente de clube, ao ouvir a pedida salarial (sério mesmo que é isso??), soltaria uma sonora gargalhada, chamaria o agente de brincalhão e daria a reunião por encerrada no mesmo instante.

      Excluir
  18. Ele tem um histórico de muita regularidade na Europa e está sendo pretendido também pelo Atlético de Madri, que é o único time espanhol que está conseguindo jogar de igual para igual com Barça e Real. Dava para fazer um belo trabalho de marketing e vender camisas 10 pra caramba(quem compra camisa do Rodriguinho?). Esse salario ele já ganha no Wolfsburg (5° na classificação do Campeonato Alemão). Não temos ninguém na posição jogando o que ele ainda joga. É um jogador que marca a saída no campo adversário sem perder suas virtudes técnicas e bate bem faltas ( não temos ninguém) Inclusive ontem fez gol na vitória de seu time. R$ 20.000.000,00 (6 mi de Euros) é um valor razoável para se gastar em um jogador deste nível. Mesmo se fosse nota 7, ajudaria a subir a média do nosso ataque, que não passa de 5. Imagine Zé, entrando em campo: Marcelo, Paulo André, Gil, Edenilson, Ralf, Elias, Diego, Guerreiro, Renato Augusto e Alexandre Pato. Na mão do Mano seria um time de responsa. Zé são apenas algumas peças (3) nas posições certas mas já testadas e aprovadas sem negociatas estranhas e promessas. O histórico do Pato é medonho na Europa e estava no DP médico e ainda assim compraram 60% do passe por R$ 40 mi.

    ResponderExcluir
  19. Pai Cézinha prevê um ano difícil em 2014 !!! Nem precisa ser bidu. O clube de maior orçamento do futebol brasileiro, prevê um gasto máximo de R$ 10 mi em contratações para 2014. No minimo arrecadará R$ 300 mi e não quer gastar nem 10% disso com o elenco. Acho que nem a Lusa tá economizando tanto. Cadê o dinheiro canalhada !!! O fato de não disputar libertadores não significa que tenhamos que atravessar o ano com um timeco e sim se reforçar para se classificar para a de 2015, Esses caras estão de brincadeira !!! Tá desanimando véio !!!
    http://www.estadao.com.br/noticias/esportes,corinthians-so-vai-gastar-em-reforcos-se-vender-jogadores,1113179,0.htm

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pai Zequinha de Ogum também prevê, César.

      O Corinthians só quer jogador se for de graça (e na bunada, senhores, não vai dinha?)... Na contramão, o mercado, por sua vez, inflaciona absurdamente cada vez que se especula um nome no "maior orçamento do Brasil"; qualquer "craque de semestre", para nós, custa 15 milhões de Euros com salários de meio milhão por mês.

      Fora os come-e-dorme do elenco, que, incapazes de despertar algum interesse do mercado, passarão o ano todo inchando a folha salarial - e, claro, desfilando de chinelinho pelo luxuoso SPA Joaquim Grava.

      Que São Jorge nos proteja em 2014!

      E feliz ano novo a todos os amigos de Jihad!!!

      Excluir
  20. Eu vou esperar pra ver, me escorando na ideia de que em ano que criamos expectativas elevadas, nos decepcionamos e que em ano em que o descrédito toma conta de nós, coisas boas acontecem..... E sem querer provocar, este ano vai ser a oportunidade de se provar algumas teses. Uma delas é a de que contamos com um elenco excepcional e que era sub-aproveitado. Pelo que tenho visto não saiu ninguém. Então.... Com relação aos supostos paneleiros, chineleiros, talvez casos perdidos sejam o Romarinho e Emerson, mas para cortar suas respectivas asas temos o Mano. Agora.... que é muito estranho, ou melhor, ridículo um clube se orgulhar de ser o mais ricos das Américas e querer jogador a custo zero.... (Múcio Rodolfo)

    ResponderExcluir
  21. Herança maldita ? http://esportes.terra.com.br/corinthians/jornal-corinthians-falha-em-negociacoes-e-deve-ficar-com-emerson,193adbcff9d43410VgnVCM4000009bcceb0aRCRD.html Fizeram uma renovação de contrato milionária com um "bosta" e agora são reféns deste, que qualquer transferência leva 10 pilas no bolso e não vale 2.

    ResponderExcluir
  22. Mano chegou...... agora a "música" mudou. Qualquer um que critique o novo treinador ou faça alguma restrição a ele será acusado de "titezete" inconformado e de ser anticorinthiano. Mano montou a base campeoníssima nas mãos do Adenor! Fato! Mas no meio de 15 jogadores que vingaram, havia uns 80 que foram puro desperdício, inclusive sacrificando a nossa garotada. O Ewerton Ribeiro foi desprezado para que o time pude contratar Wellington Saci, Marcinho, aquele argentino que subiu no trator lá no chiqueiro. Aquele garoto que marcou gol na final da Copinha, o Fernando Henrique, não teve uma única oportunidade no time de cima. Era centro-avante- posição para a qual foram trazidos Henrique e Bil! E dos jogadores que vingaram e ajudaram aqueles que alguns consideram como "enganador", "embusteiro", "vigarista' a se consagrar, vamos lembrar que Castán não passava de reserva, Paulinho estava apenas começando, Danilo ainda era questionado. Estes jogadores se firmaram no Timão nas mãos do ex-treinador. E por fim, a lenda de que o Mano deixou o time com o título na mão. Mentira. Quando ele trocou o Corinthians pela CBF (por que será que o Andrés sugeriu o nome dele para a CBF, hein?) o time tinha um ou dois pontos a mais que o time do Convênio. Faltavam 28 rodadas! Achar que numa situação dessas o título está praticamente ganho é muita arrogância dos neo-corinthianos. Vamos torcer pelo Mano, como deveriam ter torcido pelo ex-treinador, mas sem este deslumbramento, pois a realidade de hoje é bem diferente da de 2009 (Múcio Rodolfo)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 1- Tite é passado, ponto. Isto posto, entendo não ser lá muito saudável ficarmos falando em Tite dia sim, outro também, como temos feito - embora eu compreenda que isso vá se dissipar naturalmente, dentro de mais algumas semanas.
      Porém, considerando que o novo treinador herdou rigorosamente o mesmíssimo elenco com o qual seu antecessor terminou a temporada 2013 (ok, ganhou Uendel, mas perdeu Alessandro - os demais retornam de empréstimo, apenas), creio que será, sim, uma oportunidade interessante para tirarmos a "prova dos nove": Tite extraia leite de pedra de um grupo limitado, como querem alguns? Ou será que, em nome de um dogmatismo tático doentio, uma meritocracia para inglês ver e de um apego paternal à velha guarda paneleira, na verdade o Adenor vinha, no último ano, subaproveitando um elenco com grandes opções - no mínimo, dos melhores do Brasil?
      Aposto meus vinténs, tranqüilamente, na segunda alternativa.

      2- Múcio, você mesmo é quem vive nos corrigindo, e com total razão, dos exageros que vira-e-mexe cometemos nas discussões mais acaloradas. E falar que em meio a 15 que vingaram vieram uns 80 perebas é muito, MUITO exagerado de sua parte.

      E tem outros 2 fatores que devemos considerar, creio:

      a) Mano chegou em 2008 com a incumbência de reconstruir um grupo inteiro. Não se tratava de contratar uma equipe titular, era preciso montar um elenco inteiro, pois a faxina foi enorme. E tinha de fazê-lo com recursos limitados.
      Portanto, condená-lo por alguns nome trazidos nessa primeira safra (como Perdigão, por exemplo), denota, no mínimo, extrema má vontade com o novo(?) dono do boné.

      b) Da reconstrução de 2008 até sua saída em 2010, Mano viveu, talvez, o último período de alta rotatividade no elenco do Corinthians (assim esperamos!).
      Gorda fatia da arrecadação com patrocínio ia para a conta do "sócio", as cotas de TV eram infinitamente menores, o CT ainda não havia sido entregue... enfim, o poder de fogo necessário à manutenção do elenco era muito menor em sua época.
      E quem se vê obrigado a contratar com mais freqüência sempre estará mais sujeito ao erro, certo?!

      3- Concordo plenamente: dizer que Mano deixou o Timão com as mãos na taça em 2010 é absurdo! Mas deixou o time encaminhado, redondinho, jogando bola... Ou não?

      Excluir
    2. 1- Me aponte nesses três últimos anos algum jogador que tenha merecido a titularidade e não o foi? Pode ter um ou outro. O que mais se viu foi jogador que a torcida exigiu, que achava ser melhor do que o titular, mas que na prática provou o contrário. Um time atua de acordo com as circunstâncias de jogo e de acordo com as peças que tem a disposição. Qualquer dogmatismo tático se perde diante desses dois fatores. Uma olhada nos jogos do Corinthians em 2011 e 2012 vai mostrar isso. O Adenor não tirou leite de pedra. Só que..... vamos lembrar que antes de começar o CB-11 a maioria dizia que era time para no máximo arrancar uma vaguinha na Cucaracha genérica.
      2- É verdade que não chega a 80. Até 2010 eu encontrei 36 jogadores contratados e que não deram em nada. E isto porque eu fiquei na dúvida com relação a outras contratações. Só que eu não acho que o fato de ter de remontar um time após o vexame do rebaixamento seja justificativa para algumas contratações pra lá de duvidosas, uma vez que tinha no elenco jogadores do mesmo nível. Justifica desprezar um Nilton para se trazer Bóvio, Perdigão, por exemplo. Trocar um Ewerton Ribeiro por Escudero e Marcinho? Só de lateral direito vieram Moacir, Diogo, Denis e Balbuena! É certo que falar de Maciel e Rafinha e esquecer de Cristian e Elias é sacanagem. Como também é sacanagem lembrar de Maldonado e Ibson e não lembrar de Gil e Renato Augusto. E tem outra, mesmo não tendo o faturamento que passou a ter depois de 2011, o Corinthians deveria ter recursos para segurar alguns jogadores essenciais ou eu estou enganado?
      3- O time estava bem, sim. Só que estranhamente o Andrés ofereceu o técnico para a CBF. Pelo que foi noticiado no Estadão e pelo que foi dito por um comentarista do Esporte Interativo, o Andrés sugeriu o nome do Mano. Devia ter deixado o Ricardo Teixeira quebrando a cabeça. Quem sabe ele não teria levado um Autuori da vida? Mas.... E quanto a jogar bola, o time de 2011 e 2012 também jogava. Se o Mano pegar uma situação na qual jogadores chaves acabem no DM, outros tenham queda de produção e outros sejam negociados, a gente vai compreender.
      4- Eu não estou entendendo o porquê de minimizar a responsabilidade dos dirigentes.
      (Múcio Rodolfo)

      Excluir
    3. 2- Evidente que cometeu muitos erros. E cometerá outros tantos, certamente. Ainda assim, considero-o melhor que Tite.

      4- Mas, ao menos aqui, ninguém está fazendo isso. Aliás, só Deus sabe o quanto amaldiçoei o Andrés quando da venda de André Santos, Cristian e Douglas praticamente no dia seguinte à conquista da CB 2009, por exemplo...

      Acontece que o debate, agora, parecia ser sobre os treinadores, apenas, não?

      Excluir
    4. 2- Eu não vejo muita diferença entre um e outro. Acho que o Mano pode fazer um grande trabalho porque o elenco tem bons jogadores e a imagem de "terra arrasada" não passa disso- imagem.
      4- Esta foi por minha conta. Ao meu ver, não sei porque cargas d'água estão colocando nas mãos de um simples funcionário aquilo que deveria ser imputado aos dirigentes. O próprio Mano, muitas vezes é alvo de críticas que não deveriam se concentrar nele.
      (Mùcio Rodolfo)

      Excluir
    5. São realidades diferentes. Arrecadações Corinthians : 2008 R$ 100 mi, 2009 R$ 136 mi, 2010 R$ 156 mi, 2012 R$ 300 mi, 2013 R$ 350 e 2014 são previstos R$ 350 mi. Se estivéssemos na libertadores a evolução continuaria e provavelmente chegaríamos na casa do R$ 400 mi. Mas a filosofia de clube vitrine vira latas e a queda absurda de rendimento está nos levando no mínimo 50 pilas (passe do Paulinho). Não ganhamos quando vendemos um jogador como Paulinho, perdemos pontos e dinheiro. Ficar com Paulinho, nos custaria aprox. 15 mi de Euros na época (considerando que tínhamos metade de seu passe e teríamos que compensar por fora a diferença de salários) . Esse valor é o preço de Elias hoje. Quem você prefere Elias ou Paulinho ? (sem contar o prejuízo de ficar sem o motor do time ) Passaram o ano tentando substituir nosso melhor jogador e investiram mal, renovaram com um bosta, contrataram Ibson e Maldonado e fizeram um monte de contratações mirabolantes baratas e "estranhas". O esquema do Tite travou, mas seria diferente se contratações sérias e investimentos reais no elenco tivessem acontecido. Tite demonstrou um repertório pobre e não conseguiu sair do "ferrolho" que ele mesmo desenvolveu. Quando flertamos com o rebaixamento, obviamente não seria inteligente sair deste esquema e deixa-lo mais flexível, mas quando este perigo passou, era a hora de Tite mudar essa realidade. (teve umas 7 rodadas para isso e não conseguiu). A troca e a esperança que Mano dê uma nova cara ao Time é bem possível desde que essa administração estranhamente avarenta pare de se comportar como miseráveis. Se posicione como o maior sim, brigue pelos melhores, esfregue o dinheiro na cara dos endividados e arranque seus melhores jogadores. Isso é Marketing e os patrocinadores correrão ao nosso encontro e em poucos anos seremos o maior time das Américas sem perder a identidade. Não se sabe aonde foi parar o dinheiro, mas não está dentro do campo e é fácil notar. Nosso maior problema não está em campo tão pouco no banco. Ex. O Bayern, paga caro pelos melhores jogadores do Borussia e os leva para casa. Óbvio o jogador vale, você reforça seu elenco e enfraquece o principal concorrente (mais pobre) e os patrocinadores correm atrás de você e aí você paga o investimento. Não temos o mesmo poder de fogo, mas hoje no Brasil somos o Bayern daqui.

      Excluir
    6. Errata. Errei ao conferir o preço do passe de Elias em 15 mi de Euros, quando que o correto é 8 mi de Euros, sendo que o Corinthians teria que pagar 4 ao Sporting uma vez que metade do passe é do jogador. Obviamente com um por fora para fixar um salario em R$ 400.000 uma vez que Elias quer 500. Logo R$ 15 mi tornariam o negócio bastante viável. 15 mi de Euros seria a compra do passe inteiro do jogador mais a diferença salarial que caso o negócio se concretize é um valor muito aproximado ao que o Corinthians pagaria para continuar com Paulinho, que todos sabemos que depois da copa do mundo valerá no mínimo 30 mi de Euros (me cobrem se eu estiver errado). Vender Paulinho o tempo se encarregou de mostrar que foi um erro. Trazer Elias nos patamares atuais seria uma compensação (não no mesmo nível), deixar de traze-lo seria dar continuidade as burradas que a atual administração vem fazendo.

      Excluir
    7. César, depois da Copa o Paulinho será vendido por uns 80 milhões de Euros, tranqüilamente.

      Quanto ao Elias, infelizmente, perdi as esperanças de que venha...

      Excluir
  23. Caríssimos e porque não dizer companheirissimos colegas e conselheiros desta pérola internetana que é a nossa querida amada e venerada jihad....

    Venho por esta expressar minha humilde e até certo ponto rasa visão do nosso Sport Club Corinthians Paulista em 2014.

    Eu acho que neste ano que já foi iniciado o Coringao vai ganhar tudo e que se foda todo mundo.

    Se ganhar tudo bem se não ganhar o pau vai cantar mesmo e daquele jeitinho amável que todo mundo já ta careca de saber.

    Sem mais.O imperador um fervoroso abraço a todos os companheiros e feliz 2014(somente aos corinthianos o resto que morra bem lá no fundinho do Oceano).

    ResponderExcluir
  24. Uendel se apresenta, aparentemente uma boa contratação considerando que não tínhamos nada na posição, mas no esquema miséria, miséria. O Corinthians comprou só 50% do passe e gastou R$ 2,5 mi. Novamente com sócios não tão claros que detém a outra metade. Se jogar bem logo será vendido, lógico por insistência dos detentores dos outros 50%. Que empresas são nossas parceiras? Quem são nossos sócios ?? Pretende na venda do Edenilson(R$ 15 mi) trazer Maicosuel. Novamente Giuliano Bertolucci envolvido nas negociações (detém, uma parte do direitos de Edenilson só não se sabe quanto) . Tenho certeza que Edenilson vai, que o Corinthians se tiver 50% do passe é muito e que a história do Maicosuel é mais uma palhaçada tipo Rafinha. Não parece negociações de timeco?? A vitrine continua dando resultado para quem ??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. César, há quem diga que a situação é pior ainda do que essa que você pintou...

      http://www.lancenet.com.br/minuto/Corinthians-Uendel-Ponte_Preta_0_1062493881.html

      O Paulinho, a princípio, foi trazido nos mesmos moldes: em caso de venda, o Corinthians só teria direito a 10% do valor, a chamada "taxa de vitrine" - como se fôssemos um Grêmio Barueri da vida...

      Excluir
    2. No site do estadão fala em R$ 5 mi o preço do passe e que o Corinthians estaria comprando 50%, mas não menciona que quem está comprando realmente é a tal de Elenko Sports . Quem é Fernando Garcia e Marcus Sanchez ? (veja a carinha dele no face e se não lhe parece conhecido) https://www.facebook.com/marcus.sanchez.752

      Excluir
  25. Eu estava pensando no seguinte..... Em 2007, o Corinthians começou o ano trazendo jogadores de times rebaixados e que não conseguiram subir com seus times. Este ano trouxemos o Wendel que atuou pela rebaixada Ponte Preta e, segundo as más línguas, estavam quase fechando com o Fágner que defendeu o Vice da Gama, também rebaixado.... Se bem que que talvez esses dois sejam melhores do que aqueles que vieram naquela oportunidade.
    Mas.... por que se preocupar? Afinal temos um elenco hiper-mega-super-ultra sensacional.... que só não conquistou tudo porque estava em profundo estado de depressão.
    (Múcio Rodolfo)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quanta amargura, hein, Seu Múcio?! Hahaha!

      Excluir
    2. Gostaria de saber quem são Marcus Sanchez e Fernando Garcia ? , Alguém de vocês conhece ?? Marcus é parente do Andrés ?? Precisamos de uma auditoria urgente e uma investigação dos verdadeiros proprietários dessas firmas parceiras. Milhões estão sumindo e só se faz compras estranhas. Falava-se em Marcelo, Elias, Marlone, Rafinha e agora Maicosuel. Lembra do narizinho de palhaço ?? (não esqueça equipamento obrigatório)

      Excluir
    3. Do Blog Ricardo Taves: "Na minha concepção, apesar da falta de reforços, continuamos com um time extremamente forte. Mas diferente de anos anteriores, agora temos onze caras bons (com algumas ressalvas). Elenco temos número, não temos qualidade. Muita gente passou do ponto."

      HOJE, é exatamente o que penso, Múcio.

      Excluir
    4. Mas esta avaliação poderia ser muito bem aplicada ao ano passado. Frequentemente alguns colegas nos blogs que nós frequentamos chamavam a atenção para a carência do elenco em algumas posições. E muitas vezes apostas eram apresentadas como solução definitiva para nossos problemas. Por diversas vezes eu considerei o Igor um pouco superior ao Fábio Santos. O Jocinei foi por diversas vezes colocado como superior ao Ibson. Agora poderemos ver se tinham ou não tinham razão. Eu acho que com o grupo que tem dá pra formar um time bastante interessante. Se o Renato Augusto deixar de frequentar o DM (ok eu sei que a culpa não é dele) e o Pato retribuir todo amor e carinho que ele vai passar a receber a partir de agora..
      (Múcio Rodolfo)

      Excluir
  26. Marcus Sanchez aparentemente não tem nada à ver com Andrés e é dono da EMS , Fernando Garcia é irmão de um conselheiro do Corinthians e proprietários da Elenko sports é uma firma desmenbrada da DIS e ambos estão por trás da maioria das contratações que o Corinthians faz, onde o Corinthians figura somente como vitrine e pagador dos salários. O Corinthians de Mario Gobbi, praticamente só negocia com Bragantino e Ponte Preta (Rodriguinho ( Bragantino antes do América Mineiro), Paulinho, Cleber, Diego Macedo, Uendel, Guilherme e outros) Que estranho heim ???? Somos idiotas apaixonados levando chifre !!!
    http://esportes.opovo.com.br/app/esportes/clubes/corinthians/2013/07/31/noticiascorinthians,2600806/parceria-do-timao-por-cleber-envolve-grupo-de-cinco-empresarios.shtml

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adicione-se a Portuguesa ao rol de 3 clubes que fazemos negócios. Sempre com parceiros, nunca compramos o passe inteiro (nem 50%). Fica a pergunta quem é realmente do Corinthians ???. Sem contar "Giulianos Bertoluccis e BMGs" da vida que de vez em quando aparecem como detentores majoritários dos passes nas transações. Assumiram que precisamos de laterais, imediatamente correram para o Braga e Ponte e trouxeram ainda um zagueirão (Cleber) e resolveram nosso problema. Olha que bacana mano !! Na faixa, não gastamos nada quase. Alguma coisinha ainda deve vir da Portuguesa. Que bom ter parceiros como esses 3 !!!. Eles sempre tem o que precisamos e ainda os sócios na compra (a DIS, Elenko Sports, BMG que sempre aparecem para dar uma mãozinha) Que maravilha pena que os 3 times estejam atualmente na segundona.

      Excluir
    2. Eu não vejo problema em trazer jogadores de time rebaixado ou que esteja na segunda divisão, pois as vezes o jogador é bom, mas não conseguiu compensar a ruindade do resto do time. O problema é quando se traz uma "baciada" ou um "pacotão" de jogadores desses times. E como eu disse antes: grande parte dessas contratações eram totalmente desnecessárias. Em 2012, o Corinthians tinha Chicão, Paulo André e Castan para a zaga. E ainda contava com os meninos da base. No entanto, trouxeram o Felipe. O tal de Nenê Bonilha foi contratado também em 2012. Já foi emprestado umas duas ou três vezes. O Corinthians continua pagando o salário dele? Tempos atrás renovaram o contrato do Welington Saci que atuava por empréstimo em outros clubes. Tem coisa errada aí!
      (Múcio Rodolfo)

      Excluir
    3. Múcio, é evidente que estão montando um time somente para o Paulistinha e depois "talvez contratem" algumas peças para o brasileirão. Essa postura é ridícula. Para se defender e investir na marca, teríamos que começar o ano com um elenco de respeito, inaugurar a arena Corinthians bem, contra um time internacional dos bons e defender uma invencibilidade de qualquer forma. Não precisamos mais formar times conforme o campeonato. Estão vindo jogadores comuns, sempre dos mesmos clubes e cheio de "sócios". Compras estranhas próprias de times pequenos. Precisaremos atrair patrocinadores e respeitar os que já investem no clube. Óbvio que estas "aquisições" visam somente colocar na vitrine jogadores para auferir lucros para terceiros. Se o jogador é ruim fica atrapalhando o desempenho do time até se constatar que é ruim, se é dos bons vai embora no meio do ano (janela Europeia). Se o clube compra a totalidade do passe de um jogador já testado e que se estabelecerá como titular na posição perde-se espaço na "vitrine". Por isso que compras sérias não são feitas, para que a roda da "vendilhança" continue girando. Porque contratamos sempre dos mesmos clubes. Simples, porque é nestes clubes que nossos "parceiros" colocam seus jogadores antes de joga-los na vitrine principal. Muita gente está ganhando, menos o elenco e os torcedores que vão ao Estádio ver um time que oscila demais. Alguns afirmam que o Corinthians ainda tem um elenco respeitável, mas na verdade temos um elenco bom, com brechas que nunca são preenchidas. São as "brechas" que permitem se fazer negócios mirabolantes como os que estamos vendo já no inicio deste ano.

      Excluir
  27. Elias é unanimidade !! Com certeza deixaria o time mais forte, desfalcaria o Flamengo e sairia por um bom preço R$ 13,5 mi (4 mi Euros + R$ 1,5 mi diferença de salários 400/500 ) . Todos querem Elias, menos nossos dirigentes. Claro, Elias se estabeleceria como titular, mandaria Guilherme para o banco cujo o passe é metade da Ponte Preta (leia-se DIS. Elenko Sports). logo: fecharia uma vaga na vitrine e atrapalharia a venda de Guilherme. Não importa o que é bom para Timão, importa para eles colocar jogadores no time e vender, sendo que o Corinthians é o que menos ganha. Isso acontece com os garotos da base, que tem seus passes todos comprometidos. Pesquise a história da venda de Marquinhos e Paulinho e verá que o Corinthians é o que menos leva sempre. Amigos eu não tenho mais dúvidas !!! Para não ser leviano esperei o ano todo para que atitudes me revelassem o contrário e colocava minhas dúvidas de forma contemplativa. Hoje os fatos e a somatória de coincidências falam por si. Desculpem-me pelo insistência e o tom de revolta, mas não consigo admitir que façam isso com Timão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo que eu li seriam necessários ao menos € 8 milhões. Valor maior do que ganhamos na venda.
      em um ano de receitas magras... faz sentido ?
      o Guilherme não é um bom jogador ?

      Christian seria melhor negócio pois tinha passe livre, mas preferiu renovar com os turcos...
      (mesmo dizendo um monte de vezes que o sonho era voltar)

      Não quero ser advogado do diabo , até porque concordo que o Timão não deve ser cabide de empresários, mas tudo que não precisamos agora seria de uma diretoria deslumbrada para quebrar o clube...

      o Vasco montou um timaço e o manteve por uns dois anos.
      na Libertadores não nos eliminaram por centímetros, eram muito superiores ao Boca que batemos na final...
      veja a consequência.

      Austeridade também é um importante qualidade.
      Acho importante deixar o Mano trabalhar antes de abrir o cofre. Nossas maiores necessidades nem são no meio de campo...

      Excluir
    2. Acho um pouco exagero chamar o Corinthians de vitrine por causa desse tipo de negociação com participação parcial nos direitos econômicos dos jogadores. Já comentei isso por aqui, não vejo com maus olhos não esse tipo de compra, não. O interesse do Corinthians inflaciona bastante qualquer negociação, e ficar torrando 10 milhões em cada aposta que se faz no elenco é completamente inviável.

      Eu sei que o orçamento é bom (não tão bom quanto a projeção feita no início do ano, mas ainda bom), mas um clube não tem gastos apenas com a compra de jogadores. Tem luvas e salários dos mesmo, comissão técnica, quadro de funcionários, manutenção física da infraestrutura, custos com logísticas de treinos e viagens, impostos (que não é pouco), comissões (não sou ingênuo, sei que existe em todo clube), etc. Não sei se fazer conta com números baseados na imprensa (que quase não chuta informações - cadê a tal reformulação e lista de dispensas do elenco que todos davam como certa para esse ano?) permite avaliar a situação financeira real do clube...

      Quanto a contratação de jogadores de "série A", acho que também não é tão simples. Quem tá em alta no Brasil quer sair, sem contar que o clube onde ele joga não vai vender (a preço justo) para o rival. A não ser Borges e Dagobertos da vida. Quem tá bem lá fora, salvo situações excepcionais, não quer voltar. E é não é todo ano que se encontra um Guerrero, um Gil ou um Renato Augusto (eu, pelo menos, não teria nenhuma boa sugestão quanto a isso...)

      Talvez o Elias seja um desses casos, sim. Mas será que entrar num leilão como esse (agora tem time da China na briga) por um jogador com quase trinta vale a pena? Como torcedor eu acho que sim. Mas como eu disse, não é uma situação tão simples, acho que vale a pena esperar o desenrolar da história.

      De qualquer forma acho muito pouco provável que a não contratação do Elias seja motivado pelos motivos que você citou. Repare bem, e veja quantos jogadores titulares o Corinthians vendeu desde a lamentável liquidação do meio de 2009. Me corrijam se eu estiver errado, mas me lembro apenas de Elias e Paulinho. Dois jogadores cujos direitos não eram inteiramente do Corinthians, mas que ficaram três anos no clube, apesar das propostas em todas as janelas de transferência. Saíram por que queriam jogar fora, não foi pra fazer caixa, ou por pressão de investidor. Teriam saído se fossem 100% do Timão, ou mesmo se oferecêssemos um caminhão de dinheiro. E isso quem afirmava eram os próprios jogadores.

      Acho que demorou um pouco, mas o Corinthians deixou, sim, de ser um clube exportador de pé-de-obra, dependente da venda de jogadores pra fechar o caixa. Acho que baixar um pouco o ritmo das compras nesse momento surreal do mercado (42 milhões pelo Damião!), com um elenco que já é qualificado e merece ser novamente observado após um desempenho recente inexplicável, em um semestre com poucos desafios, talvez seja uma atitude sensata.

      Excluir
    3. Como de costume, na medida, João Luis!

      Minha única ressalva é que, apesar de todos os elementos que você bem apontou - a tal de Lei Pelé, inegavelmente, tornou os clubes reféns de empresários! -, ainda acho que essa política de trazer jogador sem adquirir uma parcela que seja do passe é, mais que temerária, desnecessária.
      Por exemplo: o Paulinho, se não me falha a memória, teria custado 1 milhão de dólares se, à época, comprássemos 50% de seu passe diretamente junto ao Bragantino. Um milhão de dólares, não cinco! Para um clube como o Corinthians, dinheiro de pinga - menos do que um semestre de salários pagos a Emerson Sheik, que nos deu de retorno apenas 2 gols no BR-13, por exemplo.

      E esse Uendel: precisava disso? Custou 5 milhões de reais aos empresários que os trouxeram... o clube não poderia bancar essa cifra - lembrando que esse foi um investimento pontual, um dos poucos considerados necessários nesse início de temporada?

      E se, tal como o Paulinho, o cara arrebenta: vai ser aquele mesmo sufoco para adquirir, a preço de ouro, alguma fatia do passe antes dele ir de vez pras Orópa?

      Concordo que seria insano investir em 100% do passe (inflacionado!!!) de qualquer promessa disponível no mercado, mas acho que é preciso chegar a um meio termo com os contratados, João.

      Abraço!

      PS: Castán foi outro titular que saiu nesse período... e é mais que ilustra seu argumento: o cara não abriria mão do sonho europeu nem se quintuplicassem o salário.

      Excluir
    4. Verdade Zé, faz sentido a ressalva. 50% no mínimo. Por mais vantajoso que seja o negócio, o clube precisa ter um mínimo de controle.

      E putz, esqueci do Castán! Se bem que com a bola que o Gil tem jogado, até que meu esquecimento é compreensível...

      Excluir
    5. Sei lá, talvez nem precise de 50%, João Luís. Mas isso desde que, ao menos, inclua-se uma cláusula estabelecendo prioridade de venda ao Corinthians e, principalmente, um teto para os valores dessa negociação conosco.
      Só acho inaceitável que o Corinthians tenha que desembolsar fortunas para finalmente ter algum direito sobre um jogador que ele mesmo "revelou" - como foi o caso do Paulinho, que antes do Timão era um ilustre ninguém.

      Excluir
  28. 1- mas que tem umas transações pra lá de estranhas nesses últimos 5 anos ah tem!
    2- Se o Corinthians não consegue segurar Paulinho, Castán porque estes preferem realizar o sonho de atuar no futebol euroupeu, mesmo que seja por times medianos..... isto mostra que aquela ideia de clube de primeiro mundo está meio furada.
    3- Claro que a gente espera um semestre bem melhor do que o segundo do ano passado. É quase impossível igualar tal nível de ineficiência. Só que.... uma vitória num jogo treino por 2x0 contra um time de segunda ou terceira é muito pouco para tamanha euforia, foguetorio, rojões.... Tudo bem que tem uns ex-abandonados pelo Mano que estão recebendo de volta.
    4- Tem um pessoal revoltado porque o Jucilei aceitou a proposta de um time árabe e não quis voltar para o Timão. Chamaram o moço de mercenário, traira..... Mas..... who is Jucilei?
    (Múcio Rodolfo)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um Orçamento previsto de R$ 360 mi
      http://rodrigomattos.blogosfera.uol.com.br/2013/10/04/corinthians-reduzira-orcamento-para-2014-se-ficar-fora-da-libertadores/
      Um orçamento estipulado pelo clube de R$ 230 mi (como sempre)
      http://www.corinthians.com.br/upload/site/_or%C3%A7amento.pdf
      OBS: lançaram para 2014 uma arrecadação com renda de R$ 26 mi e este ano projetam R$ 12 mi (Vamos jogar na fazendinha ?)
      O financiamento(BNDES) com o Itaquerão só começa a pagar daqui a 3 anos.
      Uma dívida de juros com a Odebrech de R$ 150 mi (juros da demora do financiamento) que apesar da diferença do gastos lançados com a do orçamento Real ( no mínimo R$ 200mi em 2 anos 2012 e 2013) não foi pago ainda ???
      Veja os gastos absurdos que aumentaram estranhamente este ano e compare com as "pardalices" na hora de comprar um jogador.
      Olhe com atenção linha por linha e perceberá que a receita principal do clube vem do campo, ficar fora da libertadores significa no mínimo R$ 50 mi de Reais a menos então verá o quanto é importante se gastar com um jogador como Elias ou se manter um jogador como Paulinho, que se estivesse ainda no clube talvez estivéssemos na libertadores este ano, fora o patrimônio de ter seu passe que valia bem mais do que foi negociado. Esta estória de que ele quis sair não me convence bem como a estória de que Elias queria ir para a China. É Sempre assim desculpas a granel (" O Jogador que não quis ficar ou vir para o Corinhians", contenção de gastos etc...) e acabam contratando jogadores medianos da Portuguesa, Bragantino e Ponte Preta cheio de sócios, e que se forem bons saem no meio do ano.
      Aguarde e me cobrem em junho / Julho (janela Europeia)

      Excluir

Comentários ofensivos ao Coringão serão DEMOCRATICAMENTE excluídos, sem exceção. Noves fora, a palavra é sua.