terça-feira, 18 de março de 2014

Foi engano. Paulistão agora só no próximo ano.

O gosto amargo de uma eliminação no campeonato paulista! A gente já experimentou isto em outras temporadas, mas....  Em outras  circunstâncias e com “cores” menos vergonhosas. Domingo, um 0x0 afastou o Corinthians da luta pelo bicampeonato.  Mesmo com Jádson e sem Emerson,  não conseguiu  obter a vitória que o manteria na briga por uma vaguinha na próxima fase.  Há  35 anos atrás, um outro empate sem abertura de contagem acabava com a esperança de um outro bicampeonato. A diferença sutil é que naquela oportunidade o adversário era o Guarani legítimo, simplesmente o  então campeão brasileiro.  Avançando um pouco no tempo, em 1983, a Fiel via o seu time massacrar o Flamengo de Zico e Cia.  Era o time do Doutor, mas naquele dia quem brilhou, se não me engano, foi o Zenon.  Só que, para a classificação, a gente dependia  do Guarani  segurar  o Goiás no Brinco  de Ouro. Não segurou. Teve aquela sensação  de ver realizado  o sonho de ser campeão brasileiro mais uma vez adiado. No entanto, teve aquele orgulho de ver que o time tinha feito a sua parte. Ontem mais uma vez dependíamos do esforço alheio. Só que  não fizemos a nossa parte.

Que os Bambis vão entregar sempre que puderem prejudicar o Timão, irão. E sempre usarão  como desculpa o famoso jogo em que o Felipe não se esforçou para defender aquele pênalti.  Então, baseado nessa premissa, todo responsável pelo departamento profissional já deve olhar a tabela do campeonato e se precaver. 

Voltando às minhas reminiscências, naquela tarde de quinta feira (ou teria sido numa quarta? Eu sei que o jogo foi à tarde num meio de semana), quando o juiz trilou o apito e decretou que o Timão estava fora, eu chorei. Tinha 12 anos.  Hoje eu vejo muita gente dizendo que ser eliminado foi até bom porque agora o time vai ter mais tempo para se preparar, o Mano vai poder trabalhar com mais tranqüilidade visando aquilo que interessa,  ou seja, para as competições que “premiam” vaga na mais “fantástica” competição futebolística: a Cucaracha.  Mas é uma insatisfação que será aplacada com a conquista de um título qualquer ao longo da temporada. Nada como um campeonato ganho para fazer esquecer um perdido.

Fomos eliminados. De quem é a culpa? Da diretoria, que não promoveu a renovação que este  time a muito vem exigindo. Contratar até que a diretoria contratou, mas pelo visto alguns dos reforços não corresponderam. Por falar em reforços, por que o outro Guilherme não é aproveitado? 
Do técnico, que é bom, mas também não é tudo aquilo;  que já poderia ter afastado alguns “paneleiros” do elenco,  insistido menos com determinados jogadores . Lembrando que ele não é o maior responsável e que, se lhe for dado o mesmo tempo que ele próprio teve em 2008, pode pintar coisa boa com o passar do tempo. De alguns jogadores, que ainda não entenderam o que é jogar no Corinthians. E, por que não?, nossa por não cobrar este time e esta diretoria da forma como deve ser cobrada.

-------------------------------------------------------

1- O  “Não vai ter Copa” vem acompanhado de um anticorinthianismo doentio.  Muitos aderiram ao movimento incomodados  com a construção do novo estádio corinthiano. Mesmo que se explique a engenharia financeira para a construção da obra, eles sempre irão dizer  que foi dado pelo governo e que com este dinheiro poderia se investir em saúde, educação, transporte, casas populares....

2- Sábado dia 22 vai ter a reedição da nefasta marcha, aquela que apoiou o golpe militar de 64. É interessante notar que, se de um lado a nossa diretoria apoiou os golpistas, do outro a torcida esteve no lado oposto, inclusive estendendo faixas pedindo anistia ampla geral e irrestrita num clássico diante do Manjubinha.


(Com razão ou sem razão, o Corinthians tem sempre razão)

25 comentários :

  1. 1- Na parte da manhã pipocam posts e comentários do tipo, "Corinthians não vai conseguir pagar o estádio e se afundará em crise financeira", depois do meio dia virá "Itaquerão é um escandaloso desvio de verbas públicas para o interesse de um clube de futebol". Vamos ter de pagar ou não ? ao menos escolham uma linha coerente de esculhambação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Coerência eis algo difícil de se encontrar no anticorinthianismo!
      (Múcio Rodolfo)

      Excluir
    2. Alguns conseguem a proeza de adotar as duas linhas num argumento só: dizem que ganhamos o estádio e que, por incompetência e/ou má fé, pecamos na execução da obra, transformando uma "galinha morta" numa dívida impagável.

      Pior é que, com o silêncio de Andrés (cadê os neiming ráites, porra?!?), a gente fica sem saber o que pensar disso tudo.

      Excluir
    3. Desde o ano passado venho alertando " Questionei muito a compra de Alexandre Pato" ninguém na época me deu "ouvidos" . Escrevi o absurdo de se comprar por 17 mi e Euros 60% de um jogador que nada tem a ver com clube (os prejuízos ai estão: emprestamos o cara para o São paulo e ainda nos leva R$ 500.000,00 por mês de "direitos de imagem"). Escrevi inúmeras vezes o absurdo de se vender Paulinho, da história de seu passe em que tivemos que pagar R$ 15.000.000,00 de 25% a um grupo de empresários após um ano de valorização que nós próprios geramos e que uma vez que tínhamos 50% do passe comprar o restante e segura-lo até depois da copa do mundo seria imprescindível tanto como um ótimo negócio ou então pela importância técnica deste no time. Escreveram "não podemos ficar refém de um só jogador" sempre frisei que o elenco era mediano e precisávamos de dois laterais e um meia de calibre. Apontei o absurdo de se renovar com um jogador que não servia mais ao clube em valores extratosféricos (Sheik) e perder a oportunidade de contratar um outro que nos valores renovados seria alguém de expressão. Sem contar que renovaram com Danilo na mesma situação (só não disseram por quanto e os salarios que pagam) mas tenho certeza que temos os dois jogadores de banco mais imprestáveis e mais caros do futebol brasileiro. Apontei a compra ridícula e cara de Rodriguinho, as "pardalices" de se comprar Diego Macedo, Jucilei, Uendel e outros que nem sabe que fim deu. Apontei inúmeras vezes e questionei porque um clube compra somente 25% de um jogador barato e fica sem garantias alguma se ele fortalecerá o elenco ou será vendido se tiver qualidades. (Edenilson uma boa opção na lateral mesmo improvisado e que foi vendido no começo do ano mesmo sem terem testado Diego Macedo e o emprestado Fagner). Chamei atenção de todos aos prejuízos de não de investir na marca e no elenco (ficamos fora da libertadores :no mínimo R$50.000.000,00) e da sequência do Paulistinha :R$ 10.000.000: ( esses números são até maiores se considerarmos a depreciação da falta de exposição da marca e a imagem negativa que acarreta ). Não acredito que nenhum de vocês não reconheçam a vitrine de exposição de jogadores para favorecer empresários que é o Corinthians. Fomos enganados com falsas promessas (Rafinha e Elias). Hoje temos um time mediano, talvez nem isso pois não conseguimos fazer campanha melhor que times de bairro paulistas. Esse quadro me deu ódio sim Zé. Ódio no coração, por isso não suporto esse discurso de que estamos no caminho certo e que fizemos uma limpeza e essa passividade de alguns que você chamou para o seu time, mas eu acho que joga no time desses caras que destruíram o meu sonho. Seu blog também mudou Zé, você não publicou um comentário meu no outro "post", você também parece estar contente e parece pouco se importar em ser manipulado e sim em apenas defender linhas de pensamento mesmo estando hoje em uma situação em que todos da mídia e adversários trabalharam para que acontecesse, mas ninguém mais que essa administração colaborou para a atual situação. Eu sabia que seria difícil segurar a onda de anti-corintianismo tentando nos destruir, mas nunca achei que contariam com a colaboração da torcida. Não acho que devamos invadir nada, ai você transforma o réu em vítima e esses palhaços fazem isso muito bem e agora culpam a torcida pela instabilidade do time. Mas o que vocês cantam nos estádios é ouvido, o que vocês escrevem nas faixas são lidas o que nós gritamos nos e debatemos de forma honesta sem maquiagem nos blogs e na mídia tem efeito. Infelizmente seu blog tão tolerante está fazendo um desserviço ao timão. Se você não publicar essa resposta ou comentário , não escreverei mais.

      Excluir
    4. César, que eu me lembre, somente uma vez barrei um comentário seu, sob o pseudônimo de Belinho. E só o fiz porque foi uma ofensa direta a um colega que, tal como você, freqüenta assiduamente esse espaço.

      Aliás, sinceramente, não consigo compreender por que o tom de seus comentários está sempre uma ou duas oitavas acima dos demais freqüentadores, César... Esse é apenas um blog de torcedores, bróder; não precisa disso.

      Tanto faz se concordo ou não com o objeto de sua revolta, César. O fato é que a considero legítima e, por isso mesmo, sempre a respeitei - mesmo achando que é muito esforço direcionado ao canal errado.

      A propósito, acabo de me dar conta de que isso é exatamente o que penso a respeito da prática Black Bloc: concordo quanto à essência e aos alvos, porém discordo quanto aos termos e, sobretudo, à prática - embora a considere legítima. Porém, acima de tudo, considero muito esforço direcionado aos agentes errados.
      Parágrafo totalmente desnecessário, esse, aliás... Eu e minha mania de buscar analogias.

      Por favor, tente relaxar um pouco mais quando estiver nessas bandas, amigo. Sério mesmo: relax, na boa.

      Saudações alvinegras!

      PS: http://www.corinthians.com.br => "Clube" => "Fale com o Presidente"... Fica a dica. ;-)

      Excluir
    5. "Vocês não se deram conta ainda, que podem mudar tudo isso" Quem frequenta os estádios (que eu considero como torcedor legítimo) aparece na mídia durante o jogo, derruba uma administração se quiser sem dar um tapa em ninguém. Seu blog será lido, seus temas serão debatidos e formarão opinião desde que sinceros. Desculpe-me pelos exageros, mas não consigo aceitar passivamente pessoas se utilizando do clube para encher a burra e termos idos do céu ao inferno em tão pouco tempo.
      Ver tudo isso como simples lazer, talvez seja mais prazeroso (se é que é possível atualmente) mas é exatamente o que ele querem. Que questionemos somente os fatores técnicos e não administrativos para que possam dar continuidade aos absurdos sem serem questionados e jogando a culpa em Romarinho, Pato, Mano , saindo sempre da zona de tiro. Obrigado pelo espaço e pela honestidade em publicar meus comentários talvez um pouco inflamados demais, mas espelham o que estou sentindo em relação à nossa atual condição (acho que me equivoquei quanto ao outro comentário).

      Excluir
    6. Quanto ao "neiming ráites" Zé, penso que enquanto Jerome Walker não bater o martelo ratificando nosso estadio como programado, os valores ficam indefinidos e estamos com problemas de apesar da aprovação do financiamento, a liberação da grana não sai (fomos os últimos a ter o financiamento aprovado e demoram mais ainda para liberar o dinheiro) . Não acho é por acaso pois acumulamos dívidas de juros mês a mês em favor da Odebrech. Acho que é mais uma manobra de forças que trabalham para nos manter aonde estamos. Andrés tem que rebolar e problemas como falta de telões começam a aparecer. Mas nosso estadio de um jeito ou de outro produzirá um efeito chamais visto em um clube de futebol pois tem a torcida mais fantástica do planeta.

      Excluir
    7. Estão fazendo de tudo para nos quebrar as pernas, sem dúvida. Mas isso já era previsível, César, e as possibilidades de ferrar com a gente foram amplificadas quando o Andrés, por pura vaidade, trocou um projeto modesto por um estádio de abertura de Copa.

      Nisso, fico com Rosenberg: a preferência absoluta, naturalmente, recaía sobre uma concessão de 50 anos do Pacaembu (com o clube custeando todo o restauro histórico e demais obras de adequação à sua necessidade. O Paca é o melhor estádio do mundo: o melhor localizado, o mais místico, mais romântico... enfim: nossa casa!
      Com a recusa da Prefeitura, porém, o plano B TINHA QUE SER de, no máximo, 400 milhões - e sem essa frescurada de mármore importado, torneira de marfim, privada de prata e o caralho a quatro!

      Excluir
  2. Comentarei em tópicos, já que vou misturar assuntos abordados em diferentes postagens:

    - Concordo com o Pedro, o Mano dessa segunda passagem tem sido uma decepção nos comentários e entrevistas. Eu sei que parece besteira, mas se o cara não faz o diagnóstico correto, a doença não vai ser curada. Chororô é coisa de bambi.

    - Aliás, não me importo se entregaram ou não, mas nunca vou conseguir compreender uma torcida comemorando uma derrota. Nessas horas que um time e torcida revelam seu verdadeiro tamanho.

    - `As várias frustações históricas que precederam grandes conquistas, acrescento uma que não resultou exatamente em um título (pelo menos não a curtíssimo prazo), mas revelou um bom trabalho. E o faço pelo fato de ter ocorrido com o atual comando técnico - e ter sido resultado menos da boa e velha mística de renascimento corinthiano, do que de um longo período de trabalho. Em 2010 também caímos na primeira fase do Paulista e essa folga, aliada a quarentena da Copa, fez o time do Mano Menezes entrar voando no Brasileiro daquele ano. Ninguém me tira a certeza que levaríamos o titulo do centenário caso não tivessem o chamado para a Seleção.

    - Os dois a zero sobre o fraco Bahia de Feira de agora a pouco não deixa de ser um resultado pragmático, conquistado apos atuação pouco empolgante, mas cumpre o objetivo principal nesse confronto (apesar da absurda enquete que andou rondando a mídia nessa semana sobre ganhar ou não por dois gols de diferença). Agora é aguardar o que virá dessa pré-temporada forçada.

    ResponderExcluir
  3. Se liga nisso, Múcio!

    https://www.facebook.com/events/1448212855414303/?notif_t=plan_user_joined

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faltou o item: "dar um estádio para o Corinthians e aliciar a massa de radicais apaixonados pelo clube a participar desse plano maquiavélico" Acorda Brasil!
      (Múcio Rodolfo)

      Excluir
  4. Vou concordar com todos e partir para um ponto específico, aliás bem pontuado pelo Mucio, enciclopédico Mucio: dia 22 Marx faz lei, a história de repete como farsa.
    Nós temos o orgulho de termos as bandeiras populares e veremos o punho levantado de Sócrates diante da irracionalidade que se apresenta.

    ResponderExcluir
  5. Queridos colegas conselheiros...

    meu time não tem camisa amarela então foda-se...

    obrigado.

    O imperador.Longa vida a jihad.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa porra de camisa amarela eu preferi nem comentar para que o blog não precisasse ser classificado como de conteúdo impróprio...

      Excluir
    2. Não tão lúcido, mas certeiro como sempre.... tenho que concordar com O imperador em cada palavra.
      Eu até falaria quanto eu odeio essa politica de colorir as camisas do Timão, cada vez isso acontece eu atribuo uma coisa ruim, automaticamente. Mas quer saber...

      "meu time não tem camisa amarela então foda-se..."

      Excluir
    3. isso mesmo caros colegas venham para o lado preto e branco da força...

      O imperador.longa vida a jihad.

      Excluir
  6. E a tapeação continua...
    Elias está difícil !!!
    http://globoesporte.globo.com/futebol/times/corinthians/noticia/2014/03/gobbi-promete-esforco-por-elias-mas-avisa-nao-sei-se-teremos-exito.html
    com certeza é esse aí que vem. (mais 25% de um pardal)
    http://globoesporte.globo.com/sp/ribeirao-preto-e-regiao/noticia/2014/03/artilheiro-do-rio-claro-na-a1-esta-em-lista-de-monitorados-pelo-timao.html
    Vão engolindo ...

    ResponderExcluir
  7. O velho truque da compra de Elias !!!!

    ResponderExcluir
  8. Acho que vão parar com esta história e a da volta do Cristian quando estiverem perto de se aposentar....
    (Múcio Rodolfo)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando eles, finalmente, virão. Talvez, juntos com o Tevez, formar um imbatível time de showbol...

      Excluir
    2. Pior que a volta do Christian e do Elias só mesmo o Renato Augusto, que vai aproveitar o período x pra aprimorar a forma física. Estagiário de jornalismo que deve adorar esse tipo de notícia, é só copiar, colar e trocar a data.

      Excluir
  9. Só notícias negativos, quando o assunto é o timão !!
    http://globoesporte.globo.com/futebol/times/corinthians/noticia/2014/03/arena-corinthians-delegado-ouve-operarios-e-fala-em-negligencia.html
    Óbvio todo acidente possivelmente tem negligência, a notícia não tem razão para ocupar espaço na mídia, mas é ventilada somente por ser negativa, como a maioria que aparecem na rede.
    Isso vem acontecendo sempre, a emissora e seus sites sempre fecham notícias que depreciam o timão.
    Precisamos da TV Corinthians, negociar as transmissões de nossos jogos individualmente como já vem acontecendo mas com bala na agulha. Pagar bem para transmitir nossos jogos e não transmiti-los ou só vincular noticias ruins, só prejudica a marca. Nossos gestores precisam reagir já, antes que seja tarde.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha opinião, no meu blog:

      Mais um acidente, em que a matéria enviesa para culpa de ninguém.

      Ou culpa do empregado, que não colocou o mosquetão a tempo.

      Semana passada estava aguardando o horário da fisioterapia e tinham dois pintores na fachada do shopping de águas claras, em um andaime de uns 10 metros, presos somente com a coragem, passei a sessão inteira tentando contato com a DRT, não achei sequer o número.

      A estatística, a grosso modo, serve para dizer algo, contudo o caso de apenas uma morte em um bilhão, ainda é uma perda incalculável.

      E a culpa é sempre e apenas destes dois: órgãos de parca fiscalização e empresas que não treinam e fiscalizam seus operários.

      Excluir

Comentários ofensivos ao Coringão serão DEMOCRATICAMENTE excluídos, sem exceção. Noves fora, a palavra é sua.