segunda-feira, 21 de julho de 2014

Algo me diz que podemos ser campeões...

Como já é do conhecimento de todos, os planos “maquiavélicos” da Búlgara Usurpadora e do Molusco Escarlate de fazerem o Brasil hexacampeão não deram certo, e o título ficou com a Alemanha – a quem coube a primazia de ser o primeiro selecionado europeu a conquistar a Copa em terras americanas.

 Confesso que fiquei contente. Ficaria mais contente se a Alemanha  atuasse com o seu uniforme tradicional, ou seja, com camisas brancas e calções pretos – parecido com o de um time que nunca está na moda, mas que é foda e incomoda. Além do uniforme,  existe uma outra semelhança. Assim como o time formado por operários, o time alemão não desiste nunca. Os amigos poderão colher na história reações espetaculares  dessa seleção. Em 1954 perdiam a decisão por 2x0 da Hungria e venceram de virada por 3x2. Em 1982 perdiam na prorrogação por 3x1 da França e conseguiram reagir. Enfim....

Andaram comparando um freguês nosso, o exemplar Vila Sonia, com o time alemão só porque venceu o time do Bahia. Quanta pretensão!  O golpe de realidade veio com a derrota de sábado, para a simpática Chapecoense - que apresenta como credencial o fato de nunca ter perdido para um grande de São Paulo, exceto o Corinthians, é claro. 

E quais são nossas perspectivas para este resto de campeonato? Acho que são boas. Apesar de não termos boa parte daquele time que ganhou quase tudo – só faltou a Copa do Brasil - , pois perdemos Alessandro, Paulo André, Emerson (isto sem contar com Paulinho e Jorge Henrique),  o time que o Mano montou me parece em condições de brigar pelo título. Temos ai o Petros, que está sendo uma grata surpresa, o Elias, que  dispensa apresentações, o Anderson, que chega para dar aquela tranqüilidade que o Cléber parece não proporcionar, o Angel Romero, que pode ser uma reedição do Herrera...

As perspectivas são boas também se  considerarmos a nossa colocação – praticamente na cola do Cruzeiro - e que não existe nenhum bicho papão na atual conjuntura futebolística. Assim é possível que o Mano consiga conquistar aquilo que deixou de conquistar há quatro anos porque preferiu a aventura de treinar a seleção brasileira. Fez todo um trabalho de reformulação,  enfrentando seleções de primeira linha e, lógico, não obteve os resultados esperados.  Enfrentar seleções de primeira linha num período de renovação eu considero como “suicídio”. E quando já estava com a seleção nos cascos, foi dispensado pela dupla sinistra que manda no futebol brasileiro.  Tirando o orgulho de ter comandado a “canarinho”, não creio que o Mano tenha feito uma boa troca em 2010.  Poderia ter hoje no currículo um título de  campeão brasileiro e ninguém iria dizer que jamais ganhou algo de importante na vida.  Soma-se ao que foi escrito o fato de geralmente nos darmos bem em ano nos quais a seleção se deu mal. Foi assim em 1982, 1990 e 1998.

E pra finalizar este “post”: enfim vencemos na nossa casa. Bastaram dois insucessos na nova moradia para que os antis  soltassem piadinhas de mau gosto a respeito do saudoso Doutor Osmar. Disseram que ele morreu sem nunca ter visto o Timão vencer em casa. Em compensação ele cansou de ver o time que amava fazendo a festa naquele mausoléu desprezado pela FIFA. Dr Osmar vai deixar muitas saudades. 

Assim, com razão ou sem razão, o Corinthians tem sempre razão.

20 comentários :

  1. A anticorinthianada precisa aprender um pouco mais de história. Falam como se nosso atual estádio fosse o primeiro. Aliás, acredito que o Corinthians seja o único time do Brasil que tenha dois estádios (os dois, por sinal, maiores do que aquela pocilga do time da baixada...)

    Sobre o hexa que realmente importa, claro que eu acredito que dá pra vir. Mas com esse time do Cruzeiro mantendo a base e a bola redonda do ano passado, não vai dar pra ficar perdendo ponto em jogos como o de ontem. Só dá pra manter o fôlego atrás dos mineiros se ganhar todas em casa e mais todas contra esses times médios/pequenos do campeonato. Empate fora só é bom pra quem mira a vaga na Cucaracha.

    O sr. Mano Menezes já teve sete meses e duas inter temporadas pra fazer o ataque desse time começar a funcionar. Oxalá que comece contra a porcada.

    ResponderExcluir
  2. ainda falta contratar um atacante para jogar ao lado do Romero...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas o Tevez não virá... ;-)

      Excluir
    2. 1- A contratação do Marcelo do Atlético Paranaense estava tida como quase certa, mas.....
      2- O Tevez me parece "página virada".
      3- O Guerrero não seria um bom parceiro para o Romero?
      (MR)

      Excluir
  3. Mano roeu o osso e foi expulso da mesa na hora de comer o filé. Fazia um trabalho de renovação difícil, que foi a base da seleção de Felipão, já tinha atingido um nível razoável e provavelmente iria evoluir com um esquema bem mais moderno. (jamais tomaríamos de 07). Quando as palhaçadas globais, dando mais espaço aos outros com a clara intenção em frear o fenômeno Timão, só tem um remédio: Ficar na ponta da tabela e forçar a projeção da marca. Temos condições e elenco, mas precisamos mudar de postura nos jogos fora de casa contra times medianos. Temos que brigar até o fim pelos 3 pontos (01 ou zero dá na mesma) e é o que está fazendo o Cruzeiro que somente joga pelo empate fora de casa contra times que diretamente disputam posições, e ao estabelecer vantagens em cima dos medianos (em relação ao segundo, já está em 5 pontos) deixa a pilha de ter que vencer para o adversário até mesmo em casa. Temos condições e elenco e a hora é agora, caso contrario brigaremos apenas por uma vaga na libertadores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu penso que em determinados momentos alguns jogadores acabam nos decepcionando com relação às nossas expectativas. E tem jogos, como o de domingo contra o Vitória, que temos aquela sensação de que, com um pouquinho mais de gana, pressionando no campo adversário, os 3 pontos e a famosa "gordurinha" poderiam ser conquistados.
      (MR)

      Excluir
  4. O timão com 3 jogos na Arena Corinthians (Inter, Bahia e porcada) deverá fechar próximo a 6 milhões de Reais.
    Isso com um jogo as 7:30 e outro as 22:00 hs e metrô só até a meia noite. Na pior das hipóteses vislumbrasse 10 milhões de Reais mês. O pesadelo dos anti corintianos começa a se tornar realidade. A Arena é viável mesmo sem o Naming Rights (será que não é melhor deixar "Arena Corinthians" mesmo e lucrar com a projeção da marca e transformar a obra em um ícone representativo que renderia projeção e talvez mais até que vender o nome?) .Mesmo que não reconheçam é bem provável que já tenhamos a maior torcida do Brasil . Isso com toda a campanha da mídia em abafar o fenômeno. Basta um time forte e bem treinado (esse que está ai) e segura que eu quero ver. Fico imaginando uma TV Corinthians forte e de primeira, negociando seus direitos nos canais fechados e fazendo pressão na mídia anti-corintiana que teria que parar com a palhaçada que vemos dia a dia. Ontem foi um belo passeio lá pelas bandas da Fonte Nova. Saudações à todos e Domingo tem porco no rolete.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é muito inteligente manter o estádio sem nome (sem comercializar um nome)... Todos times grandes fazem isso exterior, e aqui no brasil isso é ainda mais valorizado por isso..... E a globo ganha em um mês o que a TV Corinthians vai juntar em 200 anos.
      Tv de time de futebol, mesmo internacional como barcelona, real madrid, etc, é um investimento. Pra ganhar fãs, fidelidade da torcida e dinheiro de outras maneiras.
      Resumindo comercializar, jogos, nome na camisa e nome de estádios não quer dizer que somos pequenos, é só aproveitar as oportunidades. Na minha opnião.

      Excluir
    2. O Naming Rights bem comercializado, renderá 40 mi ano durante 10 anos e depois disso nem mais um centavo. A marca Corinthians é a mais forte do mercado esportivo hoje e o nome "Arena Corinthians" projeta mais ainda a marca. O cálculo dos valores de quanto se ganharia em projeção usando o nome "Arena Corinthians" ao final de 10 anos não é simples, mas pode revelar surpreendentes números, uma vez que ainda temos todo um mercado continental e Internacional para explorar (por isso que fiz uma interrogação e não uma afirmação). A TV Corinthians se bem desenvolvida e de primeira, faria uma pressão tremenda na manipuladora Global (como já fez e elevou nossos ganhos junto à emissora) mas tem que estar sempre ativa e em evidência uma vez que me refiro a imagem mais poderosa do futebol brasileiro. Imagine um canal aberto chamado TV Corinthians, que mostraria treinos, bastidores, jogos antigos e atuais, contratações e etc...(isso é fácil, até minha cidade tem um canalzinho aberto) Não transmitiria os jogos, mas estaria preparada caso precisasse. (Achas que não faria efeito algum?) Quanto à Real e Barcelona de uma olhada nos números deste site e perceberá que somente estão nos patamares apontados em razão do forte canal de televisão que ambos tem e que fazem pressão nas emissoras que compram os jogos. http://extra.globo.com/esporte/real-madrid-barcelona-ficam-com-metade-dos-direitos-de-tv-na-espanha-5828129.html.
      Obvio que comercializar camisa, jogos e nomes não quer dizer que somos pequenos, (não escrevi e jamais escreveria uma asneira dessas) As vezes o que parece ser lógico e evidente demais, nos condiciona a não analisar mais a fundo outras opções. Talvez seja o correto negociar o nome da arena, mas não antes de se ter um numero dos ganhos ao final de 10 anos usando-se "Arena Corinthians".
      Por favor, não use mais a expressão "Não é muito inteligente", que é o mesmo que me chamar de burro e esse recurso de taxar uma opinião de forma pejorativa para evidenciar uma possível opinião superior só funciona com pessoas de "poucas luzes", que não é perfil dos que seguem esse blog.

      Excluir
    3. As duas coisas não poderiam ser tentadas? Criar uma TV do clube forte como vc está propondo e conseguir este tão falado "naming righs" para pagar o ajudar a pagar o estádio? As experiências anteriores com a TV não seria uma quase evidência da difícil realização desse projeto?
      (MR)

      Excluir
    4. Imagine Múcio a chamado do jogo de hoje, Hoje teremos Corinthians X Palmeiras na "Arena Corinthians"
      2ª opção hoje teremos Corinthians X Palmeiras no "Arena Emirates". Qual o impacto e os ganhos da identidade direta com o nome da Arena ? (esse é o x do problema)
      Em ultima análise e conforme as informações do site http://espn.uol.com.br/noticia/418218_corinthians-tenta-fechar-acordo-de-quase-r-1-bilhao-com-a-emirates pelo valor de R$ 900.000.000,00 se tivesse o poder da decisão venderia o nome agora.

      Excluir
    5. Em tempo : O nome por R$ 900.000.000,00 é justo, mas com exclusividade total nas camisas não sei avaliar.

      Excluir
    6. As experiências anteriores com a TV é que fizeram do Corinthians o clube que detém a maior fatia dos direitos de imagem junto à rede Globo.

      Excluir
    7. Acredito que a maior exposição do nome Corinthians através do estádio foi justamente agora durante a Copa. Não vejo até que ponto essa exposição da marca seria potencializada, considerando que o próprio Corinthians já estará envolvido em todos os jogos daqui pra frente.

      Por outro lado, se uma empresa do porte e projeção como a Emirates promover a difusão da sua marca através do nosso estádio e camisa (nesse modelo casado, como o César mencionou, bastante vantajoso financeiramente falando), a marca Corinthians poderia também ganhar com exposição da campanha.

      E olhe que me considero bastante purista em relação a esse tipo de coisa. Mas considerando que a tendência atual vai justamente no sentido oposto (o único time que mantinha sua camisa intocada, o Barcelona, já cedeu a alguns anos), poder abrir mão desse tipo de recurso parece bem difícil mesmo.

      De qualquer forma, se a negociação render toda essa bolada, e ainda resultar em uma camisa com um único patrocínio (seria exigência da Emirates), já vou ficar bastante satisfeito.

      Excluir
  5. Aquele jogo de ontem (3 x 0 Bahia) foi um baita jogo diga-se de passagem, o time jogou muito, destruiu todas tentativas de ataque do Bahia no primeiro tempo.... a bola nem chegou e na grande área do Cassio, quero ver se vai manter a mesma disciplina e vontade contra um time grande.
    E aquele passe do Petros para o Elias foi demais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não vi o primeiro tempo..... Pelos melhores momentos que assisti, percebo que perdi o melhor do jogo. No segundo tempo, o time administrou e ficou meio que chato. Mas...tudo bem. Valeu pela vantagem conseguida para o jogo da volta
      (MR)

      Excluir
  6. Cuidado !!! No jogo de hoje é bem possível que a porcada tente arrumar uma treta para tirar nossos mandos de jogos na "Arena Corinthians".

    ResponderExcluir
  7. Quem para essa máquina ????

    http://estadiovip.com.br/63898/ranking-de-publico-e-renda-por-cidade-brasileira

    ResponderExcluir
  8. Respostas
    1. Problema de saúde na família, meu caro John... tá difícil arrumar inspiração nesse pós-Copa...

      Mas acato o puxão de orelha. Tá na hora de espanar essa "nhaca" e voltar pro trampo. Aguarde.

      Excluir

Comentários ofensivos ao Coringão serão DEMOCRATICAMENTE excluídos, sem exceção. Noves fora, a palavra é sua.